Estes são os primeiros casos registrados em aves de granja no Japão desde janeiro de 2015, segundo o Ministério da Agricultura do Japão. | Hugo Harada/Gazeta do Povo
Estes são os primeiros casos registrados em aves de granja no Japão desde janeiro de 2015, segundo o Ministério da Agricultura do Japão.| Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Casos de gripe aviária confirmados nesta terça-feira (29) em duas regiões do Japão obrigaram as autoridades a sacrificar 310 mil frangos, em Nigata (noroeste), e 16,5 mil patos, em Aomori (norte) - totalizando 326,5 mil animais abatidos. As informações são do Ministério da Agricultura do país.

As autoridades informaram que os casos seriam de cepa H5, mas no momento não sabem determinar se diz respeito ao vírus H5N6 ou H5N8.

O primeiro-ministro Shinzo Abe ordenou a adoção imediata de medidas sanitárias habituais neste tipo de situação, de acordo com uma fonte oficial.

Estes são os primeiros casos registrados em aves de granja no Japão desde janeiro de 2015, segundo o ministério da Agricultura.

As novas infecções acontecem em um período próximo das festas de fim de ano, momento em que os japoneses consomem grande quantidade de carne de ave.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]