Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Campinas (SP) – Chamar de Classe E "nova geração" pode até ser um pouco de exagero da Mercedes-Benz. Mas que a montadora alemã conseguiu melhorar um carrão que já era excepcional realmente é indiscutível. Até o fim deste mês, o modelo de luxo começa a ser vendido no país com retoques visuais e muitas novidades mecânicas e de segurança. Destaque para o motor V8 de 388 cv, o mesmo que equipa o novo Classe S. No mercado brasileiro, o veículo será oferecido para pronta entrega apenas na versão sedã. Sob encomenda, poderão ser vendidos a perua e o "superesportivo" E 63 AMG, este último com um motor V8 6.2 de 514 cv. Em Curitiba, o novo Classe E sedã irá custar R$ 310 mil (E 350) e R$ 385 mil (top de linha E 500).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]