A participação de modelos bicombustível nas vendas internas parece caminhar para a estabilidade. Desde o início do ano, houve pouca variação percentual na representatividade desses veículos. Em julho, os carros "flex" conquistaram 7,6% do mercado, 0,5 ponto percentual a menos do que em julho. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, todavia, a participação cresceu 22,4 pontos percentuais.

No mês passado, foram vendidos 121.001 veículos bicombustível, 71,2% a mais do que no mesmo mês de 2005 (70.704). Na comparação com junho último, quando foram comercializados 108.507 modelos "flex", houve crescimento de 11,5%. No acumulado de 2006, o mercado já absorveu 743.354 automóveis com motorização flexível, o que representa alta de 120% ante os sete primeiros meses de 2005 (337.683).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]