Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

Durabilidade

Façanha de taxista mostra que vida útil do motor pode ser quase eterna

A bordo de um Mercedes Classe E 2003, proprietário passou fácil do limite do odômetro fazendo religiosamente as revisões e manutenções necessárias

  • Gazeta do Povo
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Qual é a vida útil de um motor antes que ele seja obrigado a passar por uma retífica ou ser aposentado? Se o proprietário mantiver as revisões e as manutenções em dia e não rodar em regime extremo é possível que ultrapasse a média de 200 mil km. 

Este é o número mágico de longevidade considerado por muitos fabricantes. Porém há casos de modelos que rodam bem mais que isso e outros que abrem o ‘abrir o bico’ bem antes.

Um taxista de Vila do Conde, em Portugal, mostrou que, cuidando bem do carro, é possível alcançar marcas impressionantes com um mesmo motor. O seu Mercedes-Benz Classe E220 CDI, de 2003, percorreu nada menos que 1,5 milhão de km até que o propulsor acusasse o desgaste do tempo. 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/04/13/Automoveis/Imagens/Cortadas/Mercedes Classe E 1_20180413201738-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg

>> Os 10 carros 1.0 mais potentes no Brasil

motorista seguiu à risca as recomendações de fábrica, realizando todos os serviços necessários numa autorizada de Mercedes ao longo dos 15 anos. Na verdade o feito foi obtido há alguns anos, pois o sedã alemão já está com 2 milhões de km rodados, sem que houvesse alteração no câmbio e no diferencial.

O feito do português é algo raro de acontecer, mas não é o único. Há outros casos pelo mundo de durabilidade. Em 2016, por exemplo, correu a notícia de que um Toyota Tundra  2007 teria feito uma façanha ainda maior, chegando à 1,6 milhão de km com motor original. 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/04/12/Automoveis/Imagens/Cortadas/Toyota Tundra 2-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg

O proprietário Victor Sheppard rodou uma média anual de 200 mil km pelas ruas e estradas dos EUA, parando 117 vezes em concessionárias para os serviços de manutenção. A marca alcançada chamou a atenção da Toyota, que resolveu dar uma picape nova para o cliente.

>>Saiba qual carro marcou o ano do seu nascimento

Atingir 1 milhão no odômetro é possível, no entanto exige muito mais que a mera manutenção do veículo. É preciso cuidar como estivesse diante de aeronave, no qual todos as desgastes das peças são minuciosamente verificadas.   

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/04/12/Automoveis/Imagens/Cortadas/Toyota Tundra 1-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg

Alguns modelos e marcas aguentam mais ‘tranco’ que outras, porém a vida útil dos motores atuais passa dependerá muito mais dos cuidados dos motoristas do que do fabricante ou do estado das vias.

>> Os dez carros automáticos mais baratos no Brasil

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Automóveis

PUBLICIDADE