Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | /
| Foto: /

No próximo dia 30 de março conheceremos como ficará a versão do Renault Captur para os países emergentes, incluindo o Brasil e a Índia. A Renault apresentará o crossover na Rússia, que por lá ganhou a inédita nomenclatura Kaptur com ‘K’.

O modelo será visualmente semelhante ao Captur francês, no entanto usará a plataforma do Duster - na Europa a base é o Clio geração 4. A montadora já divulgou dois teasers do projeto final do carro.

Por aqui, a novidade será feita na fábrica de São José dos Pinhais, dividindo a linha de montagem com o futuro hatch compacto Kwid, sucessor do veterano Clio. Ambos deverão ser as estrelas da Renault no Salão de São Paulo, em novembro, porém a expectativa é de que o crossover só pinte no mercado nacional em 2017. A unidade paranaense da Renault produz ainda Duster , Sandero e Logan.

LEIA MAIS: Renault Kwid e Fiat Mobi resgatam o conceito de carro popular no Brasil

Comparado à versão europeia, o ‘Kaptur’ emergente será mais comprido, o que significa maior espaço interno, e suspensão elevada. Assim, ele seria posicionado para brigar com as versões mais completas do Jeep Renegade e do Honda HR-V, além do futuro Nissan Kicks, com a possibilidade de vir até com a configuração para 7 lugares, com a denominação de Grand Captur.

ENKONTRA.COM VEÍCULOS: Procurando as melhores ofertas de seminovos e usados? Acesse aqui e também anuncie seu carro gratuitamente.

Na Rússia, ele virá equipado com os blocos 1.2 tricilíndrico turbo, 2.0 a gasolina e 1.5 diesel, associado ao câmbio manual de cinco ou seis marchas e ao automático de seis velocidades. O modelo terá tração 4x4. No Brasil, usaria o motor 1.6 , emprestado do Nissan March e Versa - e o 2.0, do Duster, mas apenas com a tração dianteira.

A troca da primeira letra do nome na Rússia - de C para K - teve um motivo particular com o mercado local. Segundo a montadora, houve uma pesquisa com os consumidores russos na qual foi revelado que o ‘K’ identifica melhor a ‘pegada russa’ do modelo. Soma-se também ao fato de a letra ‘K’ no idioma russo vir associada à três características vendidas pela marca em relação ao carro: qualidade (Качество), conforto (Комфорт) e beleza (Красота).

Versão europeia do Captur é baseado na plataforma do Clio geração 4.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]