Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Toyota/Divulgação
| Foto: Toyota/Divulgação

O lançamento da 10.ª geração do Civic pela Honda, no ano passado, não iria ficar sem uma resposta da rival Toyota. A líder de vendas no mercado mundial divulgou nesta quinta-feira (24) as primeiras imagens da reestilização feita na 11.ª geração do Corolla. A novidade é destinada a Europa, mas como o modelo vendido no Brasil segue o mesmo projeto de lá, as mudanças devem chegar por aqui.

O novo Civic estará nas lojas brasileiras em agosto ou setembro, enquanto o Corolla repaginado ainda não há previsão, mas deve ficar para 2017. Espera-se uma prévia no Salão de São Paulo deste ano, em novembro.

Veja as diferenças entre o futuro e o atual Corolla

A atualização do Corolla segue a nova linguagem visual da marca, trazida pelo Mirai, seu carro a hidrogênio, e já vista na picape Hilux e utilitário SW4. Os faróis ficaram mais afilados com leds diurnos integrados e invadindo mais as laterais.

LEIA MAIS: Novo Civic sobe de patamar e virá com preços entre R$ 90 mil e R$ 115 mil

A grade superior foi encolhida e está mais fina, enquanto a inferior cresceu. O para-choque ganhou novo desenho e abandonou a divisão da seção central. Atrás, as lanternas também receberam tecnologia em led e exibem novos grafismos.

A linha 2017 europeia apresenta ainda uma série de novidades eletrônicas, como o alerta de saída da faixa de rodagem, sistema de pré-colisão - que pré-tensiona os cintos e inicia a frenagem -, leitor de placas e faróis altos automáticos.

Não há informações se esses componentes estarão disponíveis no modelo brasileiro, porém é de se esperar que ele, enfim, adote o controle eletrônico de estabilidade, ausenta na linha atual.

LEIA MAIS: Nova Toyota Hilux ganha cara de cidade

A marca também não divulgou imagens do interior, mas é provável as alterações acompanhem as da Hilux e SW4, com comandos redesenhados, acabamento aprimorado e central multimídia sensível ao toque com tela maior e mais responsiva. As vendas na Europa começam no segundo semestre.

LEIA MAIS: Toyota lança a nova geração do SW4 e desta vez não segue o visual da Hilux

Sucesso de vendas

A geração atual do Corolla estreou no Brasil em março de 2014 (seis meses após surgir na Europa) e no mesmo ano recuperou a liderança no segmento de sedãs médios superando o Civic.

Em 2015, os emplacamentos do carro dispararam, alcançando o dobro do eterno rival da Honda e ficando à frente de muitos modelos compactos mais acessíveis como Fiat Siena e Volkswagen Voyage. E estamos falando de um sedã que começa em R$ 70 mil.

Nos primeiros meses de 2016, o modelo já figura entre os dez veículos mais licenciados no país, vendendo três vezes mais que o Honda. Mas, a nova geração do rival promete incomodar, bem como do Chevrolet Cruze, prevista para estrear no fim deste ano.

As opções de motorização devem permanecer as mesmas, pelo menos no Brasil: 1.8, de 144 c,v e 2.0 de 154 cv, associados à transmissão manual ou CVT.

O Corolla é comercializado em cerca de 150 países e corresponde a 20% do total dos veículos vendidos pela Toyota.

ENKONTRA.COM VEÍCULOS: Procurando um Corolla seminovo e usado? Confira as ofertas do mercado e também anuncie gratuitamente.

AS DIFERENÇAS ENTRE O FUTURO E O ATUAL COROLLA

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]