Rumo à eleição: os bastidores do caso Deonilson; Osmar ganha bolo - Caixa Zero
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Rumo à eleição: os bastidores do caso Deonilson; Osmar ganha bolo

E agora, Cida?
Cida Borghetti ficou no mato sem cachorro. Achou bonito tomar como pauta o combate à corrupção. Além de todos os secretários encrencados na Justiça, tem agora na Copel Deonilson Roldo, estrela do novo escândalo político nacional. Se demiti-lo, compra briga com Beto Richa. Se deixar como está, melhor deixar de lado o discurso anticorrupção.

Mundo curioso
Foi curioso ouvir nesta sexta vários políticos falando do caso Deonilson como se o único culpado fosse o responsável pelo vazamento. “Foi uma armação”, diziam indignados. Ou seja: o estranho não é fraudar a licitação: é gravar a combinação.

Leia mais: Rumo à eleição: Cida investiga, mas nem tanto; Ducci desolado; Marina vem aí

Eu avisei
Aliás, Tony Garcia, o suposto vazador, se divertiu de novo no Facebook tirando uma onda com o ex-amigo Beto Richa. “Quem avisava amigo era”, disse, sobre o suposto alerta que fez para a licitação da 323.

Pego de surpresa?
Em outros escândalos (e já são tantos) Beto Richa respondia mais rapidamente às acusações. Ia logo ao Facebook dizer que não conhecia os envolvidos e foi pego de surpresa. Dessa vez, ficou em um estranho silêncio.


66 velinhas

A todas essas, Osmar Dias, que chegou a ser cotado como candidato do grupo de Beto Richa, está fazendo campanha pelo interior, provavelmente orando em agradecimento por ter decidido que dessa vez é oposição. Em Maringá, na quinta, ganhou até bolo pelos 66 anos. Está numa maré boa. Mas em política nunca se sabe quanto isso dura.

8 recomendacões para você