Blog De Brasília

Trio paranaense vota para adiar caso Aécio; veja discursos

Plenário do Senado. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Plenário do Senado. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Por 50 votos contra 21, a análise dos senadores sobre o “caso Aécio” ficou para o próximo dia 17. Todos os três senadores da bancada do Paraná – Alvaro Dias (PODE), Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) – votaram pelo adiamento da análise das medidas cautelares determinadas pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) contra Aécio Neves (PSDB-MG). A surpresa foi o voto de Requião, que discursou contra o adiamento na tribuna, mas, ao final, acabou registrando posição oposta no placar.

Na prática, a decisão dos parlamentares permite que os 11 ministros da Corte tenham tempo para debater o assunto. A votação no Senado terminou por volta das 21 horas de hoje (3).

Mas, apesar da unanimidade do trio paranaense em relação ao adiamento, não há consenso entre eles sobre se o STF poderia ou não aplicar as medidas cautelares, de afastamento do mandato e recolhimento noturno, sem consultar o plenário do Senado. Alvaro afirma que se trata de um assunto da alçada exclusiva do STF. Gleisi e Requião sustentam que os magistrados extrapolaram em suas competências.

Assista aos discursos dos senadores do Paraná:

8 recomendacões para você