Os melhores apps de calendário para 2018 - Bia Kunze – Garota sem Fio
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Bia Kunze – Garota sem Fio

Os melhores apps de calendário para 2018

Antes de ler este artigo, leia o post introdutório “Organizando sua agenda digital para 2018”, onde ensino o be-a-bá para organizar sua vida com a agenda de seu smartphone.

Prosseguindo, falarei agora sobre apps de agenda, e em um próximo post, apps de tarefas para 2018. A última vez que falei de apps do gênero foi há pouco mais de 2 anos — de lá para cá muitas coisas mudaram.

Se você é iniciante, recomendo que incie com o aplicativo nativo de calendário de seu smartphone. Caso você passe a exigir mais ferramentas ou recursos sofisticados, você pode procurar por soluções de terceiros, como as recomendadas neste post. O app que eu uso hoje é o S Planner, nativo nos dispositivos Samsung.

No primeiro artigo insisti que você, independente de usar Android ou iPhone, comece a usar o serviço de calendário do Google. É gratuito, funciona em todas as plataformas e está facilmente acessível pelo navegador, bastando acessar o seu Gmail. A versão web recentemente foi reformulada, ficando mais bonita e clean. Se você quer explorar as novidades, experimente minhas recomendações a seguir.

Google Agenda (iOS e Android)

Instale-o em seu Android ou iPhone. Ele funciona da maneira igual em ambos. Simples e intuitivo, dá um charme extra aos compromissos basendo-se em palavras chave. Você perceberá que, se agendar itens com as palavras “manicure”, “cabelo” ou “academia”, eles automaticamente ganham temas ilustrados correspondentes.

Fantastical 2 (iOS)

Para a turma da maçã, o Fantastical há muitos anos ganha de lavada da concorrência. Seu grande trunfo é ser bastante parecido com os apps nativos de agenda do iPhone, iPad e Mac: clean, elegante e intuitivo. Porém por dentro ele é super poderoso e flexível. É tudo aquilo que as agendas da Apple deveriam ser. O problema é que cada versão é paga separadamente: a do iPhone custa 5 dólares, do iPad 10 dólares e o do Mac, 50 dólares. A versão para Apple Watch acompanha a instalação do app para iPhone. É um investimento pesado, mas ganha-se muito em produtividade.

Outlook (iOS e Android, gratuito)

Para quem busca uma agenda com mais recursos, recomendo o Outlook. A exemplo do Outlook dos PCs, ele gerencia emails no mesmo ambiente do calendário, mas com extras bem interessantes, como a integração com soluções de disco na nuvem:

Mas o mais bacana é a integração com aplicativos de terceiros. Se você usa Evernote, Meetup, Wunderlist e o calendário do Facebook, vai adorar. Uma pena que meu app de tarefas, o Todoist, não faz parte das soluções suportadas. Podia ter muito mais integrações — aliás, ironicamente, o próprio Microsoft To-Do não é suportado, o que é bem estranho.

Em todo caso, o app é bem feitinho visualmente e bem estável, ao contrário das primeiras versões. Sugiro que você o instale, nem que seja para testar.

DigiCal (Android, em versões gratuita e paga)

Muita gente adora os prints do S Planner da Samsung, que volta e meia posto nas redes sociais. Em especial o widget mensal com textos, meu favorito e disparado o que mais uso. Veja:

Para quem gostaria de ter um parecido, recomendo o gratuito DigiCal. Além de intuitivo e prático, possui uma variedade enorme de estilos de widget. Por 9 reais você tem a versão Plus do produto, que permite que se adquira calendários especiais (como o de campeonatos esportivos), previsão do tempo detalhada, vista anual completa e o tão desejado widget de mês com textos. Compare:

No momento o Plus está em promoção com 30% de desconto e acabei fazendo a compra in-app para desbloquear os recursos extras — eu o utilizo em meu Moto X Play e em todos os aparelhos de avaliação que recebo para testar. Os widgets são tão personalizáveis que eles possuem até seus próprios temas. Recomendo muito!