Cris Cyborg fatura salário de R$ 1,6 milhão no UFC 222
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Luta Livre
Blog Luta Livre

Quase meio milhão por minuto; saiba quanto Cris Cyborg recebeu no UFC 222

A curitibana Cris Cyborg estava de férias em Portugal quando recebeu o convite para “salvar” o UFC 222, que havia acabado de perder sua luta principal (Max Holloway x Frankie Edgar).

A campeã peso-pena (até 66 kg) aceitou o duelo com um mês de antecedência, derrotou a russa Yana Kunitskaya e faturou um ótimo pagamento por seu trabalho.

LEIA MAIS: Quanto ganha um lutador do UFC?

Assim como no UFC 219, quando superou a americana Holly Holm, ela recebeu a quantia de US$ 500 mil — cerca de R$ 1,6 milhão só para subir no octógono. Como o duelo durou 3min25s, a atleta de 32 anos fez R$ 475 mil por minuto dentro do ringue.

O contrato de Cristiane Justino não tem, de acordo com a Comissão Atlética de Nevada, bônus por vitória.

No entanto, a lutadora leva uma porcentagem das vendas de pay-per-view, o que aumenta significativamente seus ganhos. Clique aqui para entender com detalhes o pagamento de atletas do UFC.

O bielorrusso Andrei Arlovski foi o segundo bem pago no UFC 222. O veterano levou pra casa US$ 275 mil, aproximadamente R$ 616 mil.