Blog Verdura sem frescura
0

Lagundri promove menu degustação vegano de oito pratos a R$ 45

Somen: caldo de legumes tostados com alga kombu e noodle. Foto: Apneia Filmes/Divulgação
Somen: caldo de legumes tostados com alga kombu e noodle. Foto: Apneia Filmes/Divulgação

(conteúdo atualizado em 02 de maio)

Quem conhece o chef Marcelo Amaral, do Lagundri, entende quando o chamam de louco. A última das suas: lançou um menu degustação vegano por R$ 45 com sete pratos e uma sobremesa. A promoção é para jantar de segunda a quinta-feira com reservas feitas com um dia de antecedência e para uma mesa de, no mínimo, quatro pessoas.

“Esse preço surgiu porque a galera finge que faz promoção. Teve uma época em que fiz um vídeo ao estilo Casas Bahia para promover o Combão. Eu curto vender. Para mim, esse menu por R$ 45 com oito pratos é que é uma promoção”, afirmou o ex-publicitário. O preço baixo cobre os insumos e deixa de fora parte do custo de mão-de-obra e, claro, o lucro. “Mas temos ganhos indiretos: chamar a atenção, fidelizar clientes, tirar o “íssimo” de caríssimo. Quero abrir a base da pirâmide e tornar a experiência do Lagundri acessível a mais gente”, explica.

A sequência de pratos desfila todas as técnicas usadas no restaurante: fermentação, masalas, stir fry, defumação, conservas e massas (de wonton, o pastelzinho). “Se juntar tudo, esses oito pratos compõem um prato e meio e os insumos são simples”, defende. Para elaborar o menu degustação vegano, o chef treinou uma equipe paralela por quatro dias.

O menu começa com uma sopa fria com noodles e alga seguida de rolinhos vietnamitas. E aí vem um poke com vegetais no lugar de peixe, dois dumplings, um churrasco de legumes. Os clássicos nasi goreng e curry korma fecham a parte de salgados. Por fim, uma sopa apimentada de banana com leite de coco. Recheios e sabores mudam de acordo com os insumos do dia, mas as técnicas de preparo se mantém.

 

A origem da loucura

A ideia surgiu de uma conversa com Renata Schaitza, autora do blog Feed Your Soul. “Quando ele preparou esse jantar para nós, eu falei que isso tinha que entrar pro cardápio”, disse Renata. Ela e o marido gostam de sair para jantar e sentem falta de propostas mais elaboradas para veganos. “Sempre acabam servindo uma salada ou um prato sem graça, preparados com descaso”, reclama. Para Marcelo, o desafio estava lançado.

O restaurante Lagundri já tinha certo crédito com os vegetarianos e veganos de Curitiba por ter preparos sem carne e fazer adaptações ao condimentar sem nam pla (molho de peixe) quando solicitado. Aí, por quase cinco meses, o chef Marcelo Amaral fez uma promoção (com um vídeo cômico para divulgar): o Desapega!, um menu completo vegano por R$ 39,90 às segundas e terças.

A cozinha do Lagundri trabalhando a mil para atender 70 pessoas no lançamento do menu degustação vegano. Foto: Apneia Filmes/Divulgação

A cozinha do Lagundri trabalhando a mil para atender 70 pessoas no lançamento do menu degustação vegano. Foto: Apneia Filmes/Divulgação

E — enquanto ainda estávamos comemorando o fato de podermos jantar em um lugar bacana com entrada, prato principal e sobremesa sem nada de origem animal pagando um preço módico — eis que pula um convite no meu e-mail: menu degustação vegano com oito pratos a R$ 40. Achei que o valor era erro de digitação. Não era. Por R$ 0,10 a mais, Marcelo Amaral e sua trupe fizeram uma sequência de sete passos e uma sobremesa.

Fui ao lançamento e pude provar cada um dos pratos e constatar que não falta sabor, nem volume de comida. Para voltar muitas vezes enquanto durarem os estoques.

***

Sugestão: converse com o bartender para harmonizar os pratos com coqueteis, cervejas ou vinhos. O valor é cobrado à parte.

8 recomendacões para você