Baixa Gastronomia

Colunistas

A famosa paella do Barcelona Bystro

Os colunistas Rafael Martins e Guilherme Caldas trazem a cada mês os melhores roteiros da baixa gastronomia curitibana

por Rafael Martins e Guilherme Caldas Publicado em 11/12/2015 às 22h
Compartilhe

Natal é tempo de paella!

Foi pensando em servir paella com praticidade que o Paulo, cozinheiro e proprietário do Barcelona Bystro, decidiu inovar servindo porções individuais (de 450 g e 600 g) de um prato que, tradicionalmente, se prepara em grandes tachos de cobre.

As opções são a Marinera (com frutos do mar), a Valenciana (que leva também linguiça e carnes brancas) e, ainda, a Vegana. Para complementar o cardápio, resolveram servir também algumas opções de cuscuz, que, sendo uma opção mais em conta, caiu rapidamente nas graças da freguesia e hoje é tão pedido quanto a paella.

O Mazza, que tira os pedidos e atende às mesas, garante que já viu o patrão atender a mais de 25 pessoas em apenas uma encomenda – o que provavelmente excede a lotação do simpático restaurante da Visconde de Nácar, quase esquina com a Cruz Machado.

Mas isso não é nenhuma surpresa: com experiência em cozinha industrial, seu Paulo não tem dificuldades em atender grandes encomendas, e já está aceitando pedidos para o Natal – com o cliente fornecendo o tacho, ou servido num dos tachos do bistrô. Excelente notícia para quem estiver interessado em escapar da trinca peru-pernil-chester nas festas de fim de ano. A coluna recomenda!

Rodrigo Sóppa/Gazeta do Povo

Rodrigo Sóppa/Gazeta do Povo

Onde
Avenida Visconde de Nácar, 995, (41) 3076-9950. Segunda a sexta, das 8h30 às 14h e das 17 às 20h. Domingos e feriados, só almoço.

Quanto
Paella Valenciana: R$ 27 (450 g) e R$ 33 (600 g); Cuscuz de camarão: R$ 18 (470 g)
Encomendas: valor a combinar

***

Indiano sem frescuras, agora também no jantar

Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Restaurante favorito de ao menos metade desta equipe baixo-gastronômica, o Tuk Tuk tem novidade: passou a servir no local no jantar, das 19 às 21h30. Lentamente, o cantinho na garagem da casa do chef Yuri Ogurtsova no Hugo Lange foi ganhando cara de restaurante, sem perder a proposta original – servir a autêntica comida indiana e tailandesa da forma mais simples e sem frescuras possível.

Agora, o serviço é feito em pratos, não mais em embalagens de isopor. Mas os talheres seguem sendo descartáveis, e a casa agradece se você recolher seu lixo antes de ir embora. Uma ideia boa dessas só podia dar certo – e, felizmente, deu.
Sugestão: fique de olho na página do Tuk Tuk no Facebook e não perca o sensacional Curry Murg Tandoori – atualmente, a casa é a única a servir esse prato indiano na cidade.

Lembrete: o Tuk Tuk não vende bebidas, mas você é bem-vindo para levar cerveja ou vinho se desejar.

Compartilhe

8 recomendações para você