Bebidas

Vídeo

Adega de Joesley Batista? A verdade sobre o vídeo do WhatsApp

Imagens na verdade mostram o tesouro do restaurante La Ciau del Tornavento, na Itália, uma das maiores coleções do mundo

por Andrea Torrente Publicado em 22/09/2017 às 19h
Compartilhe

Um vídeo mostrando uma mirabolante adega com milhares de vinhos caríssimos circula há alguns dias no WhatsApp com o boato que seria do empresário Joesley Batista. O vídeo é repassado com a informação que a Polícia Federal teria encontrado a adega do dono da JBS.

As imagens mostram vinhos entre os mais renomados do mundo: dos italianos Sassicaia e Barolo aos franceses Domain De La Romanee Conti e Chateau d’Yquem. Um tesouro de milhões de reais.

A adega na verdade pertence ao restaurante La Ciau del Tornavento, na cidade de Treiso, no Piemonte, na Itália, que tem uma das coleções mais ricas e prestigiosas do mundo ao ponto de ter sido inserida na lista das melhores cartas de vinho do planeta pela revista americana Wine Spectator por dez anos seguidos.

Que a informação que a adega seria de Joesley Batista é uma fake news desmentida logo no começo do vídeo. O autor das imagens, que não foi identificado, explica: “A maior adega que já vi na Itália. Nunca vi nada parecido”. Outro vídeo, que pode ser encontrado no Youtube, mostra de fato a mesma adega. As fotos no site oficial do restaurante também são compatíveis com as imagens do vídeo.

A adega conta com mais de 60 mil garrafas colecionadas minuciosamente ao longo de muitos anos pelos donos da casa, o chef Maurilio Garola, Nadia Benech, Cecilia Monte e Marco Lombardo, que hoje guardam um verdadeiro patrimônio enológico.

Ao todo são 2899 rótulos de 334 vinícolas de 13 países: a maior parte são vinhos da Itália, como o Sassicaia 1985, o Barolo Monfortino 1945 e o Gaja Costa Russi 1990, mas também franceses como o Y’quem 2011 (na garrafa Nabuchodosonor de 15 litros), o Domain De La Romanee Conti 2010 e o Drappier Primat, no garrafão de 27 litros. Há também vinhos dos melhores produtores de Argentina, Australia, Califórnia, Chile e Uruguai.

LEIA TAMBÉM

Entrevista: Por que os vinhos de Bordeaux são tão prestigiosos?

Inventaram um decanter que conserva o vinho por 12 horas

Conheça os vinhos da Toscana além de Brunello e Chianti

Compartilhe

8 recomendações para você