Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação| Foto:

Uma bebida que nasceu na Mesopotâmia em 9.000 a. C. tem muita história para contar. A cerveja ganhou um tour que reúne a história da bebida e também parte da história do Paraná. O tour Beer Lovers é realizado pela Cervejaria Adriática, cuja indústria está instalada em Ponta Grossa (PR), na região dos Campos Gerais, quase na divisa com o município de Tibagi. Os tours, que são gratuitos, começam em setembro, mas quem quiser já pode se inscrever desde já.

A cervejaria Adriática é uma das 32 plantas da Ambev. Inaugurada em maio de 2015, ela produz rótulos como Adriática, Original, Brahma, Brahma Extra, Skol, Antarctica Pilsen, Antarctica Sub Zero, Serra Malte e Budweiser, além do Chopp Brahma. Fábio de Lima, gerente fabril da unidade ponta grossense, conta que a ideia da criação do tour Beer Lovers veio em dividir com os visitantes a paixão cervejeira da companhia, “trazendo não só grupos fechados, mas famílias para conhecer todo o processo produtivo.”

Grande cervejaria de Ponta Grossa abre para tours com degustação gratuita

LEIA TAMBÉM: Conheça a programação da Pomerode Bierfest

O tour Beer Lovers, que o Bom Gourmet visitou em primeira mão, envolve alguns aspectos da produção: a brassagem, visita à adega degustação (local onde os mestres cervejeiros experimentam a bebida), à linha de envase e termina com uma harmonização.

Na sala de degustação, os mestres cervejeiros experimentam pela primeira vez a bebida.
Na sala de degustação, os mestres cervejeiros experimentam pela primeira vez a bebida.

Ele começa com uma analogia ao Mágico de Oz, no qual os visitantes percorrem um caminho de tijolos vermelhos que os leva por uma linha do tempo da cerveja e alguns pontos da história da cervejaria. Ali é possível saber, por exemplo, que as cervejas mais vendidas pela Cervejaria Adriática, fundada em 1906, foram nomes como Brilhante, Primor, Cachorrinha, Paranista e Brasiliense.

Um túnel com os ingredientes das cervejas leva ao espaço chamado supervisório. Ali, o cheiro da bebida é característico. É possível entender o processo da brassagem e experimentar o mosto, coisa que os mestres cervejeiros fazem para avaliar a qualidade da bebida. Para quem ficou curioso, os participantes experimentaram o mosto da Budweiser e o gosto começa levemente adocicado e no final revela o amargo do lúpulo. Também lembra o gosto de cereais cozidos.

A sala de envase tem inúmeras esteiras com garrafas.
A sala de envase tem inúmeras esteiras com garrafas.

Uma visita ao salão da brassagem mostra grande tonéis de metal no qual ficam a cerveja. Em seguida, acontece um dos pontos altos do tour, a primeira prova. Na sala de degustação é possível ver a parte debaixo dos tonéis. De pequenas torneiras, os mestres cervejeiros fazem a primeira prova da bebida. Nesta fase ainda o chopp, pois não passou pelo processo de pasteurização para virar cerveja. Talita Machado, mestre cervejeira da companhia, explica que o ideal é consumir a bebida com dois dedos de espuma.

Chef Manu Buffara ensina receitas no programa Mais Você

Na ocasião, a Ambev liberou a prova do Skol Hops, bebida que foi lançada no Recife (PE) e chega na região Sul em setembro. Talita explicou que a bebida tem uma lupulagem diferente. “Ela tem um sabor refrescante, independente de ser uma puro malte”, explica. Ela harmoniza bem com saladas e alimentos leves.

Degustamos em primeira mão a Skol Hops que chega em setembro na região Sul.
Degustamos em primeira mão a Skol Hops que chega em setembro na região Sul.

A visita à área de packaging vai agradar quem sempre quis visitar uma fábrica. Esteiras levam milhares de garrafas para limpeza e posterior envase da bebida. Vale ressaltar que o respeito às normas de segurança abrangem todo o tour. Os visitantes recebem um boné-capacete e óculos de segurança e devem observar normas, como sempre segurar o corrimão quando subirem as escadas.

Mc Donald´s lança sanduíches com ovo

O final do tour é reservado à harmonização, feita sempre com copos específicos, da esquerda para direita e da bebida mais leve/clara para mais encorpada/escura. São servidas quatro bebidas: Brahma Zero com amendoim; Serra Malte com salame; Colorado Apia com queijo Ementhal e Caracu com chocolate. A mestre cervejeira Talita conta que a harmonização ideal ocorre quando um terceiro sabor (obtido misturando o petisco com a bebida) é melhor do que os dois sabores (do petisco e da bebida) separados.

O tour Beer Lovers da Cervejaria Adriática recebe grupos de até 25 pessoas e será realizado às sextas-feiras, às 13h30; sábados, às 9h30 e às 14h e domingos, às 10 horas. Mais informações aqui. A Fábrica fica na Rodovia do Café, 2014, Tibagi – Ponta Grossa – PR

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]