Bar do Celso

Maior concurso da América Latina

Conheça a Cathedral de Maringá, eleita a melhor cervejaria de 2018

Fábrica ganhou o título de melhor do ano no Concurso Brasileiro da Cerveja, realizado em Blumenau (SC)

por Luís Celso Jr. Publicado em 13/04/2018 às 17h
Compartilhe

Quando a premiação do Concurso Brasileiro da Cerveja começou, na noite do dia 6 de março, Daniel Chaves, sócio-proprietário da Cervejaria Cathedral, de Maringá, no Norte do Paraná, tinha fé em um bom resultado, mas não imaginava abocanhar o grande prêmio da noite, o de Melhor Cervejaria do Ano. “Foi uma surpresa muito boa. Nosso negócio é pequeno e local. Somos um brewpub”, diz. “Essa vitória para a gente é muito legal porque faz com que sejamos reconhecidos na cidade, além de ser bom para o turismo local”, completa.

>> 10 motivos para ter um growler em casa

Pequena e local, a brewpub Cathedral investe na diversidade da produção. Foto: Cilo Luconi

O Concurso Brasileiro da Cerveja é o terceiro maior do mundo em número de cervejas inscritas. Ele faz parte da programação do Festival Brasileiro da Cerveja, o maior evento cervejeiro da América Latina. Nesta 6ª edição foram 2.859 rótulos inscritos de 475 cervejarias – um recorde! – e 252 medalhas distribuídas. Dessas, a Cathedral levou 15, sendo 7 de ouro, e levou o prêmio pela somatória. Ficou à frente de ganhadoras de outras edições, como a Bodebrwon, em segundo, e a gaúcha Tupiniquim, em terceiro.

>> Qualidade faz de Curitiba um dos principais polos de cerveja artesanal do país

  • Foto: Cilo Luconi
  • Foto: Cilo Luconi
  • Foto: Cilo Luconi
  • Foto: Cilo Luconi
  • Equipe da Cervejaria Cathedral, de Maringá, premiada como Melhor Cervejaria do Ano. Foto: Cilo Luconi

Daniel conta que, independente do concurso, faz parte da estratégia da Cathedral fazer muitos estilos de cervejas diferentes para manter as torneiras de chope da casa ocupadas com cervejas feitas por eles mesmos. “O brewpub é legal por conta disso. Temos equipamentos pequenos, o que nos permite produções variadas em pequenos lotes”, conta. “Nós queremos que as pessoas que vão até a Cathedral visitar a gente provem estilos diferentes, que saiam um pouco ‘da casinha’ do mesmo”, completa.

O começo

Quem vê esse sucesso de fora pode achar que tudo são flores, mas não é bem assim. Até achar esse modelo ideal, o pessoal da Cathedral passou por muita coisa. Daniel, junto com os sócios Guilherme Palu e Marcelo Baptistella, começaram fazendo cervejas em um equipamento pequeno e vendendo em garrafas na cidade em 2014. Com o sucesso das receitas, começaram a fazer cervejas na capacidade ociosa de outras fábricas – esquema no Brasil conhecido como cervejaria cigana. Mas, já no final de 2015, viram que crescer dessa forma não seria viável para eles. “Foi então que resolvemos investir 100% dos nossos recursos na venda direta e aí surgiu a ideia do brewpub”, conta Daniel.

>> As 100 melhores cervejas do mundo em 2018

Aberto em novembro de 2016, o local foi um sucesso desde o primeiro dia. São hoje 16 torneiras de chope artesanal, de produção própria, mas com espaço para cervejas convidadas de vez em quando. O local, de certa forma, é também um laboratório de inovação em cervejas, de experimentos. “Fazemos hoje tudo aquilo que a gente tinha vontade antes mas não era possível”, diz Daniel. A decoração, assim como a identidade visual da marca, é inspirada na Catedral de Maringá, recheada de vitrais e outros símbolos religiosos. “Acredito que esse bom resultado que atingimos vai fazer muita gente abrir os olhos em relação a esse modelo de negócio”, diz.

Mas quem foi ao Festival achando que poderia provar as cervejas premiadas da Cathedral acabou se decepcionando um pouco. A cervejaria não estava presente no evento. “O concurso agrega muito para a gente. Mas montar um estande no evento não é relevante para nosso modelo de negócio. Quem estivesse por lá provaria cervejas que não encontraria no mercado nacional. Apenas em Maringá”, diz. “Como nosso posicionamento é regional e não nacional, o Festival Brasileiro da Cerveja acaba não fazendo muito sentido”, completa.

Pelo jeito será necessário fazer uma visita para a Cervejaria Cathedral Fábrica Bar para provar a Black IPA L’amour Fetiche, a Session IPA Serena Session, a Cream Ale Sibarita e outras tantas coisas bacanas que eles fazem por lá! #PartiuMaringá?

Serviço: Cervejaria Cathedral Fábrica Bar Av. Dr. Alexandre Rasgulaeff, 5733, Jardim Real, Maringá – PR. De terça a quarta, das 17h até 1h. Quintas e sextas das 17h até 1h30. Sábados, das 12h até 1h30. Tel.: (44) 3246-2796.

LEIA TAMBÉM:

>> Chef paranaense vai representar o Brasil em influente fórum de gastronomia nos EUA

>> Em vídeo: chef ensina três formas de fazer frango frito

Compartilhe

8 recomendações para você