Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Surpreender as pessoas é uma das missões levadas a sério pelo chef Alex Atala. Foto: Ricardo D'Angelo.
Surpreender as pessoas é uma das missões levadas a sério pelo chef Alex Atala. Foto: Ricardo D'Angelo.| Foto: Ricardo Dangelo/@dangelofotos

A terceira edição do seminário FRU.TO – Diálogos do Alimento, que começa nesta sexta (24), na Unibes Cultural, tem novidade. Tradicionalmente reservado apenas a convidados, o evento organizado pelo premiado chef Alex Atala, do Instituo Atá, e pelo produtor cultural da Base 7, Felipe Ribenboim, será aberto ao grande público pela primeira vez, no último dia da programação (domingo, 26), com acesso gratuito.

A partir das 11h, a programação incluiu bate-papos sobre fermentados e bebidas brasileiras, com a mediação de Gabriela Monteleone, como parte da estratégia de aproximar o público do debate sobre alimentação e sustentabilidade. Também estão programadas atividades culturais, com apresentações teatrais e exibição de filmes.

Água e alimentação

O evento deste ano tem como um dos principais eixos a água e o alimento como saúde, com ênfase nos questionamentos sobre o uso deste recurso fundamental e esgotável. As palestras serão transmitidas ao vivo pelo canal do Fru.to no YouTube.

A abertura oficial, na sexta (24), será comandada pelos organizadores Alex Atala e Felipe Ribenboim. Para a programação, foram pensados temas como acesso, tratamento, distribuição, cuidados em nascentes e lençóis freáticos, principalmente com foco na América Latina, onde estão concentradas grandes reservas hídricas mundiais, a Amazônia e a Patagônia.

De acordo com Ribenboim, a escolha dos temas foi feita com base em uma análise cuidadosa. “A gente sempre vai entendendo e acompanhando quais as temáticas que estão emergentes ao longo do anos, e entendemos que é necessário discutir questões pouco ou nada dialogadas, como justamente a questão da água, dessa problemática da escassez ou qualidade da água, que é um direito humano”, explica .

Felipe Ribenboim e Alex Atala são os idealizadores do FRU.TO. Foto: Divulgação
Felipe Ribenboim e Alex Atala são os idealizadores do FRU.TO. Foto: Divulgação

Mas as palestras não param por aí. No primeiro dia do evento, o médico norte-americano Bill Schindler fala sobre cozinha evolucional.  Entre os nomes de destaque, está o de Marcelo Sulzbacher, da Terroir Sul, responsável pela descoberta de uma espécie de trufa autenticamente brasileira. As relações entre campo e laboratório, bem como os perigos do uso excessivo de agrotóxicos e do consumo de ultraprocessados também entram em discussão. Além de apontar problemas relacionados à produção e à alimentação, o evento também abre espaço para trazer soluções, como a economia circular e as relações entre alimento e meio ambiente.

No segundo dia, o debate parte para a rotulagem de alimentos e para a abordagem de questões ligadas ao lixo, à reciclagem e ao consumo consciente, com espaço para a exposição do papel nas novas gerações nos processo produtivos da cadeia alimentar.

Mais do que apontar problemas, o FRU.TO quer democratizar iniciativas que sirvam de referência. “A gente apresenta muitos modelos inspiracionais, para ver e mostrar que há soluções possíveis, elencar soluções possíveis, para trazer à tona as discussões”, acrescenta Ribenboim. Confira a programação completa:

Programação FRU.TO 2020

Sexta-feira (24)

9h – Abertura do evento, com Alex Atala e Felipe Ribenboim

9h25Food archeology (Cozinha Evolucional) – Dr. Bill Schindler (EUA)

9h50Saúde (Alimentação e Ciência) – Toni Massanés (Fundación Alicia – Espanha)

10h15O campo e o laboratório (pesquisa e alimentação) – Jorge Ferreira e Marcelo Sulzbacker (Brasil)

10h40Vivendo sob veneno (atlas do agrotóxico) – Larissa Bombardi (Brasil)

11h05Alimentos ultraprocessados (O que são e por que evitá-los) – Carlos Monteiro (Brasil)

11h50Economia circular (regenerativa desde o princípio) – Luisa Santiago (Ellen MacArthur Foundation – Brasil)

12h15Crises e soluções (agroecológicas e climáticas) – Humberto Ríos Labrada (Cuba)

12h40Satoyama (alimento, alma e meio ambiente) – Yoshihiro Narisawa (Japão)

14h35Segurança hídrica na cidade (desenvolvimento e prosperidade) – Benedito Braga (Sabesp-Brasil)

15hÁgua como direito humano (três soluções desde a prática reflexiva) –  Pablo Vagliente – Fundación Avina (Argentina)

15h25O que você não sabe sobre a água (situação global) – Sergio Tulio Caldas (escritor – Brasil)

16h10A crise da água (fatos, mitos e o Sistema Aquífero Grande Amazônico) – Milton Antonio da Silva Matta – UFPA (Brasil)

16h35O começo de tudo (recuperação de nascentes) – Eduardo Malta (ISA -Brasil)

17hÁgua no Sertão (um milhão de cisternas no semiárido brasileiro) – Alexandre Pires (ASA e Centro Sabiá Brasil)

 

Sábado (25)

9h50Vestindo o Consumo (homem refluxo) – Peri Pane (Brasil)

10h15Rotular é legal (informação ao consumidor) – Ana Paula Bertoletto (IDEC – Brasil)

11hPra onde vai o lixo? (gestão de resíduos sólidos) – Nina Orlow (Aliança Resíduo Zero Brasil)

11h25Lixo Extraordinário (catadores urbano) – Roberto Rocas (Associação Nacional de Catadores e Catadoras)

11h55Reciclagem (agindo na cadeia de produção, distribuição e descarte) – Cintia Tiemi Kita (Triciclos – Brasil)

12h20Vamos falar sobre reciclagem? (sistemas urbanos de coleta) – Thaide (Recicla Sampa)

14h35O papel de cada um (o papel da sustentabilidade) – Lucas Araújo (Internacional Paper)

15h Plantando o futuro (sistemas de cultivo para novas gerações) – Paula Costa e Valter Ziantoni (PRETATERRA)

15h45Millenials da Terra ( a geração Y e Z no campo e na terra) – Lia Goes e Alexandre de Moura Feriance (Cooperapas)

16h20Da ONU para o futuro (juventude e engajamento) – Paloma Costa (Engajamundo e ISA-Brasil)

 

Domingo (26)

11hPlaneta Oca (teatro infantil)

13hFermentados (diálogo do alimento) – Com Fernando Goldestein, Leonardo Andrade, Flavia Maculan, Luis Henrique Zanini, Lis Cereja e Cilene Saorin – Mediação de Gabriela Monteleone.

13hNuvens de Veneno (filme)

13h45Ilha das Flores (filme)

14h30Muito além do peso (filme no teatro)

15h15Bebidas brasileiras (diálogo do alimento) – Com Felipe Jannuzi, Maurício Maia, Pedro Cellia – Medição de Gabriela Monteleone.

16h15 Fonte da Juventude (filme)

17h15Green Porno (filme)

 

LEIA TAMBÉM:

>>Chefs preparam no fogo receitas típicas de seus países na Serra Gaúcha
>> Chef mais gato do mundo” abre quiosque de comida peruana no Rio de Janeiro

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]