Pessoas

Reality

Gritaria e choradeira marcam noite que teve primeira desistência do MasterChef Brasil

O paulista Carlos deixou a competição alegando problemas pessoais. Programa foi marcado por prova em grupo com briga e eliminação tensa

por Talita Boros Voitch Publicado em 25/04/2018 às 10h
Compartilhe

O episódio desta terça-feira (24) do MasterChef Brasil foi agitado. O programa começou com uma prova em grupo no Porto de Santos, no litoral paulista. Ali mesmo, a apresentadora Ana Paula Padrão avisou os cozinheiros que Carlos havia desistido de continuar no reality alegando problemas pessoais. Sem maiores explicações, assim mesmo.

Maria Antonia gritou muito com o padre Evandro durante a prova em grupo. Foto: Reprodução

Maria Antonia gritou muito com o padre Evandro durante a prova em grupo. Foto: Reprodução

>>>Masterchef: 5 erros grosseiros na cozinha mesmo para um amador

Os telespectadores ainda puderam assistir um vídeo em que o paulista comentava a decisão. “Estou deixando o programa por uma questão estritamente particular, que afetou demais o meu emocional. Afetou a minha saúde. Infelizmente, tive que abrir mão. Tive que fazer uma opção e optei por sair do programa”, afirmou Carlos sem dar detalhes.

Gritaria

A prova em equipe que aconteceu em seguida foi tensa. Divididos em duas equipes, os cozinheiros amadores tiveram que preparar um prato principal e uma sobremesa para 100 trabalhadores do porto. Cada equipe ficou com um contêiner: um deles continha os produtos que o Brasil mais exporta e outro os ingredientes que o país mais importa.

Capitaneada por Maria Antonia, a equipe azul sofreu com o nervosismo da gaúcha, que se descontrolou ao gritar fervorosamente com o padre Evandro e se desentender com Rita. No fim, o time se sagrou campeão, mandando para a prova de eliminação a equipe do policial militar Thiago formada por Ana Luiza, Angelica, Clarisse, Hugo, Vinícius e Victor Hugo.

>>>Do bife de chorizo ao ojo de bife: como fazer quatro cortes argentinos na parrilla

Choradeira

A prova de eliminação exigiu técnica de confeitaria. Os cozinheiros foram desafiados a reproduzir uma torta de pera com creme de cardamomo e crumble de noz-pecã da doceira Marilia Zylbersztajn, dona da premiada confeitaria que leva seu nome e tem duas unidades em São Paulo.

Os competidores puderam experimentar a torta, mas não tiveram uma aula sobre o seu preparo como acontece em alguns episódios. O creme com cardamomo que ia no recheio do doce foi a etapa mais difícil a ser superada pela maioria dos cozinheiros.

Angélica e Ana Luiza foram escolhidas como as piores da noite. As duas cozinheiras choraram muito antes de descobrirem quem seria a eliminada da noite. A situação compadeceu boa parte dos colegas no mezanino, que também não pouparam as lágrimas. No fim, a eliminada da noite foi Angélica por ter feito uma torta gordurosa demais.

>>>Conheça o vinho laranja, o brasileiro mais bem avaliado em guia internacional

Compartilhe

8 recomendações para você