Produtos & Ingredientes

Cafés especiais

Premiada mestre de torra lança clube de assinatura de cafés raros e premiados

Novidade do Lucca Cafés Especiais, comandada por Georgia Franco de Souza, oferece produtos em microlotes

por Marina Mori Publicado em 15/01/2019 às 15h
Compartilhe

Considerada uma das maiores referências quando se fala em cafés especiais, a curitibana Georgia Franco de Souza acaba de lançar um clube nacional de assinatura de cafés. Mas a barista, mestre torradora e instrutora premiada, à frente do Lucca Cafés Especiais desde 2000, chega ao mercado dos clubes de assinaturas com um diferencial: enviará aos assinantes apenas microlotes de cafés especiais.

Premiada mestre torradora, Georgia Franco de Souza é referência no Brasil. Foto: Arnaldo Alves/Gazeta do Povo.

“Os microlotes são seleções bem exclusivas. São uma pequena quantidade de um café feito com condições específicas [exposição ao sol, método de colheita e beneficiamento, nutrição do solo] que tornaram ele único”, explica Georgia. Para adquirir esta nomenclatura, o volume produzido deve variar entre uma e 30 sacas de café.

Cada saca contém 60 kg de grãos e rende, em média, 24 embalagens de 250 g. Isso significa que, dependendo da quantidade produzida, algumas seleções de café podem ser consideradas verdadeiras relíquias. É o caso dos cafés Minamihara “Lua Crescente e Lua Minguante”, da fazenda Santa Maria (SP). Classificados com 89 pontos, cada, ficaram em 3.º e 2.º lugar, respectivamente, no concurso da Alta Mogiana de São Paulo, e existem apenas 200 embalagens no estoque.

Prêmios especiais

Ao se tornar uma das maiores referências da área, Georgia estabeleceu o Lucca, cafeteria que comanda ao lado do marido, o empresário Luiz Otávio de Souza, como um espaço de prestígio e disseminação da cultura do café especial. O resultado está pendurado nas paredes do local e segue sendo reforçado em concursos: já foi premiado oito vezes consecutivas pela revista Veja (“Os Melhores da Cidade”) e três vezes pelo Prêmio Bom Gourmet.

Na coleção de prêmios técnicos, o Lucca conta com 14 títulos de campeão brasileiro, 13 campeonatos regionais e dezenas de premiações em competições mundiais, como os concursos de Latte Art, Cup Tasters, Brewers e Coffee in Good Spirits.

>>> Conheça o premiado paranaense “caçador de cafés”

clube-assinatura-cafe-gourmet-lucca

Todos os anos, Georgia (esquerda) e seu time de confiança viajam pelo país em busca dos melhores cafés. Foto: Divulgação / Lucca Cafés Especiais.

Clube de assinaturas

“Tem cafés do Brasil inteiro e todo mês vai ter um premiado na seleção“, garante Georgia. Mesmo nos pedidos de apenas um pacote, o assinante receberá uma edição vencedora em concursos BSCA do cerrado mineiro, alta mogiana ou norte paranaense. Cada embalagem contém 250 gramas.

O cliente tem três tipos de assinatura disponíveis: Une, Due e Quattro. O primeiro vem com uma embalagem premiada (R$ 45 + frete). No pacote Due, além do café premiado, o assinante recebe um microlote selecionado pelo garimpo Lucca (R$ 74 + frete); o Quattro funciona da mesma maneira e só muda na quantidade e no preço – são quatro pacotes de café por R$ 134, mais frete.

>>> Mulheres assumem lavoura e fazem crescer produção de café especial no Paraná

clube-de-assinatura-cafes-especiais-lucca-1

A embalagem de papel reforçado conta com proteção extra para que o pacote de café não amasse. Foto: Divulgação.

Também é possível escolher como prefere receber o café – em grãos ou moído. Nesta opção, o assinante indica o tipo da moagem desejada. “Você escolhe conforme o método de preparo: french press, cafeteira italiana, espresso, filtro de papel ou café turco”, explica.

Além do produto, a caixa do assinante vem com informações técnicas, como os atributos de aroma e sabor do café. Há também curiosidades sobre a região e o produtor, o varietal do grão e as técnicas utilizadas no processamento.

Os pedidos, enviados para todo o país, devem ser feitos pelo site www.luccacafesespeciais.com.br.

LEIA TAMBÉM

Compartilhe

8 recomendações para você