Plantão

Arroz e feijão

McDonald’s de Curitiba vendem PF

Reportagem do Bom Gourmet falou com as unidades na cidade que servem o prato executivo por R$ 23

por Gilson Garrett Jr. Publicado em 19/05/2014 às 09h
Compartilhe
Na sexta-feira o prato feito é servido com frango empanado. Foto: Gilson Garrett Jr. / Gazeta do Povo.

Na sexta-feira o prato feito é servido com frango empanado. Foto: Gilson Garrett Jr. / Gazeta do Povo.

 

Após a repercussão envolvendo o menu ‘secreto’ do McDonald’s que inclui pratos executivos com o brasileiríssimo arroz com feijão, o Bom Gourmet foi conferir se em Curitiba é fácil encontrar o PF. A primeira tentativa ocorreu no almoço desta sexta-feira (16) na unidade da Boca Maldita, no centro da capital paranaense. E o resultado foi rápido. Falamos também com as lojas da rápida do Cabral e do Shopping Curitiba.

Na Rua XV de Novembro, ao perguntar pelo prato, a atendente explicou que a cada dia a proteína varia e que na sexta é carne do sanduíche Chicken Junior. Ela precisou pedir a ajuda de outra atendente para fazer o pedido no sistema pois nunca tinha feito. Foram R$ 23 pelo prato e mais R$ 5 por um suco de 300 ml. Logo depois, a gerente veio dizer que o horário limite para o pedido é às 13 horas (eram 13h15). Mas como o pedido já estava registrado, teria o McPF. Completou ainda que o suco ou água fazem parte do combo e os R$ 5 foram devolvidos.

Poucos minutos depois veio o prato com arroz, feijão, o frango empanado, ervilha e milho. Em um outro recipiente uma salada com alface, cenoura ralada e tomate cereja. O arroz estava no ponto, soltinho e o feijão era temperado com ingredientes tipicamente brasileiros: cebola e alho. Nesta unidade, o prato, chamado de break, é servido todos os dias no almoço (das 11 às 13 horas) e no jantar (das 18 às 21 horas).

Na unidade da rápida do Cabral também foi informado que qualquer pessoa poderia pedir o prato e com o mesmo valor. Porém o almoço vai até as 14 horas. Na unidade do Shopping Curitiba o prato é servido somente no almoço entre as 11 e as 13 horas.

 

Polêmica
A unidade brasileira da maior rede de fast-food do mundo começou a vender o prato feito em 2010 em cumprimento ao Programa de Alimentação do Trabalhador. O cardápio muda a cada dia da semana e as proteínas servidas são os recheios dos sanduíches da rede. O PF “secreto” foi revelado por uma reportagem da Bloomberg no começo da semana.

Em entrevista ao portal da Veja, Hélio Muniz, diretor de comunicação da Arcos Dourados, disse que o cardápio continuará em segredo por não fazer parte da estratégia da marca. Apesar disso, no dia 13 de maio o twitter oficial do McDonald’s (@McDonalds_BR) fez dois posts citando o McPF. A administradora da rede na América Latina tem mais de 600 restaurantes dos 814 existentes no país.

O prato ainda acompanha salada, suco ou água por R$ 23. Foto: Gilson Garrett Jr. / Gazeta do Povo.

O prato ainda acompanha salada, suco ou água por R$ 23. Foto: Gilson Garrett Jr. / Gazeta do Povo.

Interatividade
Você já comeu o McPF? O que achou?

Compartilhe

8 recomendações para você