Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Vinhos nacionais
Vinícolas brasileiros venderam 17,8 milhões de litros de vinhos finos de janeiro a julho deste ano.| Foto: Bigstock

A venda de vinhos nacionais nos primeiros sete meses deste ano já é 15% maior do que o volume comercializado durante todo o ano de 2019, de acordo com um levantamento divulgado nesta semana pela União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra). São 17,8 milhões de litros de janeiro a julho de 2021, contra 15,4 milhões nos 12 meses do ano retrasado.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, a venda de vinhos finos registrou uma alta de 21,76%. No entanto, são os espumantes que se destacaram no balanço, com uma alta de 44,81% a 49,20% das versões brut e moscatel, respectivamente.

Já o suco de uva ainda é o produto mais vendido, com 90 milhões de litros em sete meses, volume 3,25% maior do que no mesmo período do ano passado.

Veja como foi o desempenho dos derivados de uva brasileiros no período:

Por outro lado, o mês de julho deste ano teve um desempenho menor do que no mesmo período de 2020. Foram 2,5 milhões de litros de vinho tinto contra 3,8 milhões no mês no ano passado. Para o presidente da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), Deunir Argenta, os dados mostram um avanço histórico, mas com alguma acomodação da demanda.

“O mercado é plural, está abastecido por múltiplas marcas e estilos e as experiências são ilimitadas. Essa evolução é muito positiva, mas não conseguimos acompanhar o desempenho do ano passado”, explica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]