Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Patê de ouriço. Foto: Divulgação
Patê de ouriço. Foto: Divulgação| Foto:

Popular no Japão, o ouriço do mar já começa a aparecer em alguns restaurantes de Santa Catarina. Na Rita Maria Lagosteria, no Centro de Florianópolis (SC), o chef e pescador Narbal Corrêa serve a iguaria eventualmente, para os clientes mais assíduos que insistem ou em festivais fechados. Por se tratar de um fruto do mar de sabor bem mais suave do que a ostra e o camarão, a recomendação do cozinheiro é que se faça o mínimo de interferência no seu preparo.

Patê de ouriço. Foto: Divulgação
Patê de ouriço. Foto: Divulgação

No restaurante, Narbal costuma servi-lo na forma de patê. O chef manuseia o animal ainda vivo, faz um corte redondo com uma faca bem afiada e retira as únicas partes comestíveis do ouriço, as gônadas. Com elas, prepara um rápido refogado que também leva nata fresca, manteiga, cebola e sal. E serve frio (preço não divulgado).

Outro ingrediente que combina com o fruto do mar, na opinião do chef, é o limão siciliano. Mas há clientes que preferem degustar a iguaria totalmente crua e sem temperos.

Leia também: Ouriço “assustou” participantes do Master Chef 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O ouriço existe em abundância no litoral de Santa Catarina e pode ser encontrado o ano todo. O animal costuma preferir as águas mais geladas, por isso é mais comum no sul do Brasil. Em geral, é capturado a cerca de dois metros de profundidade.

O chef Narbal explica que o ingrediente precisa ser consumido em até três dias e não pode ser congelado. “O ouriço mais saboroso é aquele que tem mais gordura. Os gordinhos são aqueles que apresentam espinhos grossos e as pontas quebradas”.

No Japão, o ouriço costuma ser consumido cru, mas é possível encontrá-lo fermentado ou transformado em patês salgados. Já na França, outro país que valoriza os pratos com o animal de textura cremosa, ele costuma enriquecer os ovos mexidos, suflês, sopas ou molhos de peixe.

Serviço

Rita Maria Lagosteria – R. Henrique Valgas, 318 – Centro, Florianópolis – SC

LEIA MAIS: 

>> Queijos de leite cru, uma tradição recém-legalizada em Santa Catarina

>> 5 dicas certeiras para fazer um peixe na brasa perfeito

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]