Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Cerveja
Aumento será repassado imediatamente aos clientes, segundo a Abrasel.| Foto: Bigstock

A cervejaria Ambev confirmou nesta quarta (29) que o preço das cervejas e chopes das marcas Skol, Brahma, Antarctica, Bohemia e Stella Artois vai subir nos bares e restaurantes brasileiros. Em um comunicado enviado ao Bom Gourmet, a gigante de bebidas afirma que “os ajustes” são realizados periodicamente e variam de uma região para a outra do país.

À reportagem, a assessoria de imprensa da Ambev afirmou que os reajustes ocorrem frequentemente por conta da inflação de insumos, custos e câmbio, mas que não é possível definir exatamente quanto será repassado aos consumidores. Isso depende de itens como a região do país onde o estabelecimento está localizado, a marca comercializada, a embalagem e o canal de venda.

Por outro lado, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) confirmou que os estabelecimentos já verificam esse aumento que, no apanhado geral, alcança 10% correspondentes à inflação acumulada nos últimos 12 meses.

“Nossa estimativa é que, em São Paulo, os reajustes se aproximem dos 10%, pois lá subiram menos o preço no ano passado. Nas demais regiões, estamos projetando aumentos entre 6% a 8%”, explica Paulo Solmucci, presidente da entidade.

Ele afirmou, ainda, que todo aumento de custo nos produtos dificulta ainda mais a recuperação do setor já profundamente afetado pela pandemia, principalmente no atual momento da economia brasileira.

Reportagem recente do Bom Gourmet Negócios mostrou que restaurantes já tiveram de reajustar os cardápios para cobrir a inflação de alimentos, energia elétrica, gás e combustíveis, e que isso começou a afastar os clientes dos estabelecimentos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]