Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Farofa de Natal
Chef Guzela ensina a preparar uma receita de farofa de Natal suculenta para a ceia.| Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo/arquivo

Na mesa de Natal e de Ano Novo você vai encontrar, muito provavelmente, ao centro, o peru, o leitão ou o chester. Junto a eles, uma certeza é a da presença da farofa

Tradição culinária dos brasileiros presente desde a comida tropeira até os churrascos e festas comemorativas dos dias atuais, a farofa tem nas diferentes possibilidades de combinações seu grande trunfo. No Natal, ela é obrigatória.

“Não tem como pensar em Natal sem farofa”, crava o chef Guilherme Guzela, que acrescenta que ela completa os demais sabores e une os diferentes pratos que cada membro da família prepara para a ceia. Cada cozinheiro tem sua receita preferida e Guzela não é diferente.

“Para mim, a farofa de Natal tem que ter um elemento doce”, diz o chef.

Na receita que ensina a seguir, o chef conta que, para ficar longe de polêmicas, escolheu trocar a uva-passa pela banana-da-terra. “Mas você pode usar outro ingrediente doce ou mesmo combinar diversas frutas”, diz. Banana-passa, bala de banana, damasco, tâmaras, pêssego e figos são algumas das opções, além de, claro, as controversas uvas-passas nas versões branca ou preta.

Gordura

É a gordura que vai conferir a umidade e untuosidade necessárias à farofa. Isso pode ser alcançado com banha, manteiga, azeite de oliva, ou até mesmo outros óleos, como o óleo de coco.

O chef ensina que a gordura substitui os ingredientes líquidos para trazer suculência à receita. “Se você usar líquidos, o preparo fica ‘empapado’”, explica Guzela.

Combinação

Aqui, não há limites. “O que você coloca na farofa vai do seu repertório e da sua criatividade. É preciso escolher ingredientes que combinem entre si, de forma que um ajude a realçar o sabor do outro”, observa o chef.

Não há regras, uma ou mais proteínas, elementos doces e salgados, ingredientes para trazer crocância e até especiarias e pimentas para dar um “punch”.

Quem manda na receita é o cozinheiro. “Uma dica que costumo dar é para que a pessoa pare alguns segundos antes e pense nos ingredientes que quer colocar, e então imagine se os sabores vão combinar. Depois, é só misturar tudo e aproveitar”, diz Guzela.

Farinhas

A escolha da melhor farinha está relacionada à preferência e aos costumes de cada região. “Gosto muito de usar a farinha de milho flocada. Mas você pode fazer com farinha de mandioca, biju, de pão. No Nordeste é muito comum a farofa feita com farinha de mandioca seca”, conta.

Quantidade

Uma dúvida comum é: quanto de farofa devo fazer? O chef responde: “pense que, nas festas, a farofa será um acompanhamento. Então, pode calcular uma colher de servir ou meia xícara de farofa pronta por pessoa”.

É preciso considerar, também, que quando adicionamos os diversos ingredientes à farofa, ela dobra de tamanho. Então, calcule metade dessa medida de farinha por pessoa.

O chef Guilherme Guzela preparou uma receita exclusiva de farofa de Natal que leva, entre outros ingredientes, carne-seca e banana-da-terra.

Farofa de carne-seca e banana-da-terra

Chef Guilherme Guzela
Tempo de preparo30 mintuos
RendimentoSeis porções
PreparoFàcil

Ingredientes

  • 350 gramas de carne seca cozida e desfiada
  • 1/2 xícara de chá de azeite de oliva extravirgem
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal derretida
  • 1 xícara de chá de bacon em cubos
  • 1 unidade de cebola em cubos
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 unidade de pimenta dedo-de-moça
  • 4 unidades de ovos
  • 1 e 1/2 xícaras de chá de farinha de milho flocão
  • 1 e 1/2 xícara de chá de farinha de mandioca biju
  • 1 xícara de chá de batata palha fina
  • 3 unidades de banana-da-terra
  • 1 colher de chá de cominho moído
  • Cheiro verde a gosto
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

  1. Em uma frigideira antiaderente, coloque duas colheres de sopa de azeite de oliva e cozinhe os ovos, mexendo sempre para que fiquem soltinhos. Tempere com sal e pimenta. Retire e reserve.
  2. Ainda nessa frigideira, doure as bananas cortadas em rodelas, deixando formar uma leve casquinha. Retire e reserve em um prato, sem amassar.
  3. Na mesma frigideira, coloque o bacon em cubos e refogue bem até ficar sequinho e soltar bastante gordura.
  4. Acrescente o alho amassado. Quando estiver dourado, coloque a cebola e refogue, mexendo de vez em quando, até dourar.
  5. Acrescente a carne seca e a pimenta dedo-de-moça sem sementes picada em cubinhos pequenos e refogue mais 3 minutos, mexendo sempre. Tempere com o cominho e mexa.
  6. Agora, acrescente a manteiga, o restante do azeite de oliva, as farinhas de milho e de mandioca, a batata-palha, o ovo que já foi cozido e mexa bem.
  7. Tempere com sal e pimenta e coloque o cheiro-verde.
  8. Por fim, coloque as bananas douradas e mexa delicadamente, para não amassá-las.
  9. Decore e sirva junto com seus pratos tradicionais de Natal!
| Leticia Akemi
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]