FESTIVAL BOM GOURMET 2019

Sobremesa

Festival Bom Gourmet tem de sobremesas clássicas a doces que pegam fogo

As sobremesas são oferecidas nos 56 restaurantes participantes da 10ª edição do Festival Bom Gourmet; confira

por Patricia Favorito Dorfman, especial para o Bom Gourmet Publicado em 18/10/2019 às 09h
Compartilhe

Há quem escolha o restaurante pelo tipo de culinária que oferece. Se é especialista em carnes ou aves, ou traz uma pegada de cozinha regional. Mas, há quem escolha o menu pelo que serve após a entrada e o prato principal: a sobremesa. Nesse quesito, os 56 restaurantes que participam da 10.ª edição do Festival Bom Gourmet – veja o site –  trazem muitas opções. Das mais clássicas, como os pudins, a sobremesas que pegam fogo.

Até o dia 27 de outubro, quando se encerra o Festival, é possível programar uma jornada gastronômica pelo mundo dos doces.

As receitas tradicionais, como mouses, frutas e sorvetes, estão no Barolo Trattoria (sorvete de creme com calda de chocolate) e Bull Prime Carnes Nobres (abacaxi assado com creme azedo de limão siciliano). Ainda no Devons Steak House (pudim de doce de leite) e Ernesto Ristorante (pudim de leite condensado da vovó).

Sobremesa do C´La Vie. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Sobremesa do C´La Vie. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Regionalismo

Há os restaurantes que trazem o regionalismo da culinária que representam, com sobremesas que integram ingredientes e texturas. Como Pflamenknodel, servido no Original Munich. A sobremesa é um bolinho doce de batata, recheado com ameixa preta, regado com manteiga saborizada com canela e servido com sorvete de baunilha.

No Jamie´s Italian Curitiba, o clássico canoli com sorvete de lampone.  No Swadisht Cozinha Indiana o Malai Badam Kufi (sorvete tradicional preparado à moda indiana no sabor açafrão com amêndoas). No QCeviche!, que serve cozinha peruana, o Crema Volteada (pudim de queijo com calda de caramelo).

No regionalismo, ainda, o L´Entrecôte de Paris oferece sobremesas inspiradas na culinária francesa. Você pode escolher entre profiterólis com sorvete de creme e calda de chocolate ou crepe de doce de leite com sorvete de creme. No L´Épicerie o crème brulèe, também francês, pode ser de maracujá ou doce de leite.

<< Confira todos os participantes do Festival Bom Gourmet

Comer com os olhos

Algumas sobremesas apresentadas no Festival aguçam o sentido da visão. No Ox Room, a Baked Alasca vem literalmente pegando fogo. No C´La Vie o creme de coco com crumble de chocolate, cocada e merengue mais parece uma pintura. Assim como a Torta al Limone e Cioccolato, do Maccheroni Trattoria, uma torta em camadas de chocolate e limão.

Torta al Lemone e Ciocolato, do Maccheroni Trattoria. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Torta al Lemone e Ciocolato, do Maccheroni Trattoria. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Ingredientes locais

Na Tartuferia San Paolo uma das sobremesas foi criada a partir da erva-mate. O petit four de erva-mate vem recheado com chocolate branco e trufas. No Ópera Arte, o chef foi buscar na combinação da banana e da cachaça a inspiração para a sobremesa: sorvete de banana com geleia de cachaça e crocante de mandioca. No Lagundri, o Harumaki Caiçara é feito com bananinha de Morretes, recheio do bolinho primavera que ainda traz doce de leite.

Muito mais

A lista é grande. Tem brownie, churros, rabanada, tiramisú, semifredo e torta de palha italiana. Na Osteria da Paz o pastel de Belém é receita secreta e vem quentinho. No Vindouro tem bavaroise de doce de leite e gotas de chocolate. E na Cantina Famiglia Fadanelli o Caramelle Della Nonna, bolo de chocolate com calda de caramelo e flor de sal. Porque não poderia faltar um bolo de chocolate nas sobremesas do Festival.

Caramelle Della Nonna, da Cantina Famiglia Fadanelli. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Caramelle Della Nonna, da Cantina Famiglia Fadanelli. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Festival e Promoção

Toso os 56 restaurantes participantes servem menus completos – entrada, prato principal e sobremesa – a preços fixos de R$ 49 ou R$ 59. Para almoço e/ou jantar, os cardápios sempre apresentam duas opções para o prato principal.

A 10ª edição do Festival acontece até 27 de outubro e cada R$ 1 gasto nos restaurantes participantes equivale a 1 ponto que pode ser acumulado e trocado por um brinde. A cada 300 pontos acumulados no aplicativo Festival Bom Gourmet – para IOS e Android – pela leitura do QRcode da nota fiscal, é possível trocar pelo kit composto por 01 vinho Monsaraz tradição tinto (375ml) e 1 taça Alumina Crystal (660ml).

As notas podem ser escaneadas até o dia 06 de novembro e as trocas – que serão feitas exclusivamente na loja da Platinox – até o dia 11 de novembro (limite de mil unidades de kits).

VEJA TAMBÉM

>> 99 dá desconto em corridas para os restaurantes do Festival Bom Gourmet

>>Brasil participa pela primeira vez da Copa do Mundo de Tiramisù; veja como se inscrever

Compartilhe

8 recomendações para você