i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Cinema

Centurião é épico sem equivalentes

  • PorAgência Estado
  • 28/11/2010 21:04
Cena do filme de Neil Marshall, que conta história de luta pela sobrevivência | Divulgação
Cena do filme de Neil Marshall, que conta história de luta pela sobrevivência| Foto: Divulgação

São Paulo - Em cartaz nos cinemas, Centurião começa com um homem ferido que corre num campo de neve. Ele diz, em off, que aquilo não é o começo nem o fim de sua história. Este mesmo homem está de novo ferido no desfecho – e ele volta a insistir que não se trata do começo nem do fim de sua história.

Épicos do Império Romano não costumam ter esse formato "instável". Isso é muito mais a vida como ela é – e que o diretor Neil Marshall transfere para (quase) dois mil anos atrás. O filme também é curto. Cerca de 100 minutos. Épicos sobre Roma costumam ser mais longos.

Marshall se tornou conhecido como diretor de fantasias de terror. Dog Soldiers – Cães de Caça, Abismo do Medo e Juízo Final foram seus filmes anteriores. Centurião representa uma mudança para ele, mas talvez não seja tão diferente assim.

O centurião do título integra a 9.ª Legião de Roma, em guerra contra os bretões. No começo, o herói é o único sobrevivente do massacre de sua guarnição. É salvo por um general que se lança, à frente de seus homens, contra o rei da Bretanha.

A legião é vítima de uma emboscada e de uma traição. Dos 3.000 soldados, sobram três – em fuga e caçados por uma mulher-loba implacável. O ator Michael Fassbender interpreta o centurião do título e Olga Kurylenko é a loba, obcecada em se vingar dos romanos que massacraram sua família e lhe cortaram a língua. Como todos os filmes de Neil Marshall, Centurião é sobre a luta pela sobrevivência.

Existem traidores em todas as frentes, para tornar a vida ainda mais difícil. No limite, é a história de um casal de desajustados que termina por unir suas solidões. Até a solução é precária. Realmente, nunca houve um épico como este.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.