Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Festival chega a sua 11ª edição como o maior evento de cinema Super 8 da América Latina | Divulgação/
Festival chega a sua 11ª edição como o maior evento de cinema Super 8 da América Latina| Foto: Divulgação/

Há 50 anos apareciam os primeiros superoitistas. Hoje, eles estão vivos e se multiplicando. O Teatro da Caixa recebe entre quinta (1º) e domingo (4) a 11ª edição do Festival Internacional de Cinema Super 8 de Curitiba, o Curta 8, que este ano celebra meio século de existência da bitola. Com mais de 50 filmes de oito países, a programação reúne desde clássicos do formato até novas produções, que serão exibidas em cinco mostras, todas com entrada franca.

Confira programação completa no Guia Gazeta do Povo.

Dia do Filme Caseiro

No domingo (4), a partir das 16h, o Curta 8 abre espaço para o público mostrar filmes caseiros em Super 8 ou Single 8. A ideia é reunir trabalhos amadores que vão desde ficções autorais até registros familiares.

Este ano o festival presta homenagem ao cineasta Abrão Berman, precursor no uso do Super 8 no Brasil e criador do GRIFE (Grupo de Realizadores Independentes de Filmes Experimentais), responsável pela organização de onze edições do primeiro festival brasileiro dedicado ao formato.

Outro destaque do Curta 8 está na abertura, em que será exibido o filme “Danielle Carnaval e Cinzas”, do cineasta paranaense José Augusto Iwersen. Considerado o primeiro filme brasileiro a abordar o tema da homossexualidade, a produção causou grande impacto na ala mais conservadora da sociedade curitibana da época.

Na Mostra Paralela, que tem curadoria de Antônio Leão e Flávio Rocha, será exibida parte da filmografia da cineasta mexicana Azucena Losada, que estará presente para ministrar um workshop de intervenção em película. No curso serão apresentadas técnicas de realização de filmes sem uso de câmera, feitos com manipulação direta na própria película de Super 8. A atividade é gratuita e tem vagas limitadas. As inscrições devem ser feitas no site do festival.

Os filmes em Tomada Única, realizados com apenas um cartucho e na ordem narrativa do roteiro, serão exibidos com a trilha executada ao vivo durante a projeção. A maioria das películas em Tomada Única são fruto de oficinas gratuitas que antecedem o evento, realizadas em Curitiba (ministrada por Pedro Merege) e São Paulo (por conta do cineasta Rodrigo Souza e Souza). O público participa elegendo os melhores filmes em todas as mostras competitivas.

Curta 8

Criado em 2005, o Festival Internacional de Cinema Super 8 de Curitiba cresce a cada edição movido pela paixão que os superoitistas cultivam pela granulação do filme analógico. Coordenado por Leandro Bossy, responsável pela curadoria da mostra internacional, das mostras competitivas e da oficina Tomada Única, e produzido por Adriano Esturilho e Fábio Allon, o festival chega a sua 11ª edição como o maior evento de cinema Super 8 da América Latina.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]