Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Este será um ano de estreias na carreira cênica dos contos de Dalton Trevisan.

Dia 6 de agosto, a peça “El Paranã” abre temporada de um mês no Novelas Curitibanas, com direção de Nena Inoue.

Serão encenados três contos do autor, sendo que a atriz e diretora retorna aos seus tempos de “polaquinha japonesa” atuando em dois deles. O mesmo espetáculo encenará trechos da obra de Wilson Bueno e Domingos Pellegrini.

Teatro sem mudar nenhuma vírgula

Escritor aceitou várias montagens de seus contos, mas com a condição de que as falas fossem idênticas às dos textos em livros

Leia a matéria completa

Em setembro, João Luiz Fiani estreia um novo trabalho baseado na obra do vampiro, pela primeira vez com incentivo do edital do Novelas Curitibanas – um título nunca montado: “Novelas Nada Exemplares” (de 1959).

Atuarão na peça integrantes da companhia Máscaras de Teatro, num estilo realista. “Não dá para fugir muito, porque os personagens dele são muito próximos da realidade. Aprendi com o Ademar Guerra que o diretor não pode querer aparecer mais que o autor”, explica Fiani, sobre o fato de não buscar algo mais experimental.

“Estilo literário engrandece”

Depoimento de Marino Júnior, ator e diretor

Leia a matéria completa

Em 2016, um projeto mais portentoso de Nena deve reunir as companhias Brasileira, CiaSenhas e Selvática para falar sobre a grandeza da literatura paranaense. A abertura, claro, trará a obra de Dalton Trevisan, revivendo trechos de montagens anteriores com sua obra.

Guta Stresser já topou encarnar de novo sua Polaquinha.

Outros atores das montagens originais reencenarão obras como “Pico na Veia”, “Educação Sentimental do Vampiro” e “Macho Não Ganha Flor”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]