i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Música

Gravadora quer que grupos cover de Abba não usem o nome da banda

Universal alega que covers estão cometendo infração de direitos autorais

  • PorG1/Globo.com
  • 04/06/2010 19:44
O quarteto pop sueco Abba | Divulgação
O quarteto pop sueco Abba| Foto: Divulgação

Mudança de nome vai afetar credibilidade, reclamam bandas-tributo

Os advogados da filial sueca da gravadora Universal Music estão pedindo para que as bandas covers do grupo Abba deixem de usar o nome do quarteto sueco, informa o jornal britânico "The Independent".

Segundo o periódico, 15 grupos-tributo ao Abba já receberam notificações pedindo para que trocassem de nome – entre eles bandas como Abba Queens, Abba Mania e Swede Dreamz Abba Tribute. A empresa alega que o uso do nome é uma infração dos direitos de propriedade intelectual do grupo.

O "Independent" diz que os grupos estão reclamando de que a mudança de nomes os force a sair de circulação. "Nós estamos tocando há quatro anos com a banda, deixando aos poucos de tocar em bares para nos apresentarmos em casas de shows", conta ao jornal Anneli Stockwell, cantora do Abba Queens. "Se nós precisarmos trocar de nome nós perderemos toda a reputação que alcançamos. E também já gastamos bastante dinheiro com o cenário e com publicidade", reclama.

Um porta-voz da Universal explicou ao "Independent" que "recebemos reclamações de todo o mundo, de fãs que se dizem enganados pelos grupos. Nós achamos que é nosso dever proteger a marca Abba de usos mal-intencionados".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.