Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Caderno G
  3. Literatura
  4. Morre o poeta francês Yves Bonnefoy aos 93 anos

luto

Morre o poeta francês Yves Bonnefoy aos 93 anos

Por diversas vezes cotado para ser o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, Bonnefoy estreou em 1953 com um livro de poesia de eco surrealista

  • Folhapress Web
Bonnefoy era considerado o maior poeta contemporâneo vivo na França | ERIC FEFERBERG/AFP
Bonnefoy era considerado o maior poeta contemporâneo vivo na França ERIC FEFERBERG/AFP
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Morreu em Paris, na França, nesta sexta (1º), o poeta, tradutor e crítico de arte francês Yves Bonnefoy, aos 93 anos.

Por diversas vezes cotado para ser o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, Bonnefoy estreou em 1953 com um livro de poesia de eco surrealista. Ele era tradutor de Shakespeare e John Keats para o francês.

Bonnefoy era professor honorário do Collège de France, fez parte do núcleo de André Breton nos anos 1940 e foi aluno de filosofia de Gaston Bachelard e Jean Hyppolite.

Uma antologia de sua poesia foi lançada no Brasil pela Iluminuras em 1998, “Obra Poética”, com tradução de Mário Laranjeira, reunindo toda sua produção poética até então.

Bonnefoy, considerado o maior poeta contemporâneo vivo na França, lançou neste ano duas novas obras. Em “L’Echarpe Rouge”, ele faz uma espécie de testamento autobiográfico. Já em “Ensemble Encore”, antologia de poemas, o assunto é a aproximação da morte e a inquietude que advém dela.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE