Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Show é neste domingo (25), no Vanilla Music Hall. | Divulgação
Show é neste domingo (25), no Vanilla Music Hall.| Foto: Divulgação

Tarja Turunen – a voz da Finlândia, como é conhecida – está na estrada para promover o disco “Colours in The Dark” e, pela segunda vez, Curitiba está na rota da “Colours in The Road Tour”. A soprano sobe ao palco do Vanilla Music Hall no próximo domingo (25), e promete surpresas (confira o serviço completo do show no Guia Gazeta do Povo).

Quarto disco da carreira solo da cantora – iniciada em 2005 após dramático rompimento de uma parceria de nove anos como membro-fundador do Nightwish – “Colours in The Dark” oscila com segurança entre a suavidade de arranjos operísticos de “Lucid Dreamer” e a explosão característica do metal em “Neverlight”, criando uma atmosfera prolífica para a experimentação, um dos elementos-chave do registro.

Sobre a pluralidade de referências e liberdade de suas composições, Tarja afirma: “Eu amo mudanças de andamento e elementos versáteis na música em geral. Algumas de minhas músicas possuem sonoridades e riffs realmente pesados, enquanto outras nem apresentam guitarras. Somente orquestra e elementos acústicos”. Ela diz que “está livre para decidir que tipo de arranjo utilizar e que tipo de música compor”. O resultado é o trabalho mais maduro de sua carreira solo.

Recentemente, a cantora lançou o disco “Ave Maria – En Plein Air”, em parceria com compositores diversos, cujas canções no estilo clássico são todas inspiradas na oração “Ave Maria”.

Quando perguntada se os fãs podem esperar por algumas dessas versões no palco da apresentação em Curitiba, a cantora responde: “Vou fazer uma turnê clássica desse álbum em dezembro. Nesta turnê mantenho o foco no “Colours in The Dark”, mas também vou tocar outras canções da minha carreira, além de presentear vocês com algumas canções do meu álbum inédito de rock que vou lançar no próximo ano”. Então, tire sua sombra para dançar e encontre as cores na escuridão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]