i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
literatura

O príncipe da música brasileira

Biografia de Ronnie Von explica como o cantor se tornou um verdadeiro fenômeno no país, e dá detalhes de sua vida pessoal

  • PorIsadora Rupp
  • 24/08/2014 21:04
Cantor queria ser piloto de avião, mas acabou causando ciúmes em Roberto Carlos | Divulgação
Cantor queria ser piloto de avião, mas acabou causando ciúmes em Roberto Carlos| Foto: Divulgação

Livro

Ronnie Von – O Príncipe Que Podia Ser Rei

Antonio Guerreiro e Luiz Cesar Pimentel. Editora Planeta, 242 págs. R$ 34,90. Biografia.

Ronnie Von precisou romper com as expectativas familiares e fugir do caminho já traçado – do herdeiro que estudaria economia para cuidar dos negócios da família – para seguir a vocação da música. Ícone de uma geração, a história de vida do cantor passa por reviravoltas surpreendentes, descritas em sua biografia Ronnie Von – O Príncipe Que Podia Ser Rei, (Planeta), obra dos jornalistas Antonio Guerreiro e Luiz Cesar Pimentel.

Antes de se fascinar pela música – sobretudo pelo ­rock dos Beatles – Ronnie queria ser piloto de avião. Cursou a escola, e fez o primeiro voo aos 17 anos. A paixão não foi deixada de lado: no auge de sua carreira, Ronnie comandava o próprio avião, levando junto, inclusive, a banda. Em um show em Florianópolis, precisou exercer toda a sua habilidade para parar a aeronave o mais rápido possível: uma multidão de 15 mil pessoas invadiu a pista para ver o ídolo.

A história nos dá a dimensão do furor que o hoje apresentador (ele comanda o programa diário Todo Seu, na TV Gazeta) causou ao longo de décadas, sobretudo nos anos 1960, quando se projetou com "Meu Bem", versão em português para "Girl", dos Beatles. O "Príncipe", apelido que ganhou da amiga Hebe Camargo (1929-2012), foi protegido do produtor musical João Araújo (1935-2013), mas teve altos e baixos na carreira: seus três discos psicodélicos: Ronnie Von (1968), A Misteriosa Luta do Reino do Parassempre contra o Império de Nuncamais (1969) e A Máquina Voadora (1970), hoje relançados em vinil com o status de cult, não foram exatamente um sucesso de vendas.

A vida pessoal também foi permeada por dramas. Casou diversas vezes, se curou de uma doença rara quando já estava desenganado pelos médicos e teve o coração partido por um amor que ele se recusa a revelar – mas os biógrafos contam a história e, inclusive, entrevistam sua paixão.

Rivalidade

Ronnie teve um amigo-rival: o cantor Roberto Carlos, em quem o Príncipe causou ciumeira pela beleza e sucesso. No livro, dizem que o Rei gravou "Querem Acabar Comigo" olhando uma foto de Von. Essas histórias dão um tom divertido ao livro, mas faltam alguns esclarecimentos ao longo da obra. Porém, como diz Antonio Guerreiro no epílogo: "Você não termina um livro, você entrega". Ainda mais se for sobre um personagem como Ronnie Von. GGG

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.