Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A atriz interpretando Medeia  no canto 1 da Ilíada. | Gilson Camargo/Divulgação
A atriz interpretando Medeia no canto 1 da Ilíada.| Foto: Gilson Camargo/Divulgação

Morreu nesta terça-feira (19), a atriz Claudete Pereira Jorge. A atriz, produtora e diretora teatral tinha 61 anos. Seu corpo será velado no teatro Guaíra, ainda sem horário definido.

Nascida em Ponta Grossa, a atriz construiu uma carreira de mais de quarenta anos, atuando em mais de 50 trabalhos, entre teatro, cinema e televisão. Também atuava como produtora desde 1972 e diretora desde 2009.

O secretário estadual de Cultura, João Luiz Fiani, disse que a perda é “irreparável”. “Era uma das maiores atrizes do teatro brasileiro.O nosso teatro perde uma das nossas maiores damas”.

Em nota, Marcos Cordiolli, presidente da Fundação Cultural de Curitiba, também lamentou a morte da atriz. “É impossível definir a contribuição de Claudete Pereira Jorge para o teatro e as artes. Não é possível definir Claudete Pereira Jorge em toda a sua generosidade e vitalidade. Uma perda inestimável para a cultura do Paraná.”

Claudete ganhou duas vezes o Prêmio Gralha Azul como melhor atriz, nos anos de 2000 e 2005, por seu trabalho em “À Grega”,,de Steven Berkoff, e “Pico na Veia”, de Dalton Trevisan, ambos com direção de Marcelo Marchioro.

Em um de seus últimos trabalhos, atuou no projeto para montagem integral dos 24 Cantos da Ilíada de Homero, realizado por 24 atores, na tradução de Manoel Odorico Mendes, com direção de Octávio Camargo e Luz de Beto Bruel. Claudete fazia o Canto I, da Ilíada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]