i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
estreia

Palhaços vivem histórias em quadrinhos ao som de música clássica

Espetáculo “Gibi” fica no palco do Fernanda Montenegro nesta quinta e sexta-feira

  • PorHelena Carnieri
  • 21/10/2015 14:54
 | Flaviana OX/Divulgação
| Foto: Flaviana OX/Divulgação

A visualidade e alternância de quadros das revistinhas fazem parte da concepção de “Gibi”, espetáculo que o grupo Lamira traz de Tocantis para apresentações nesta quinta (22) e sexta-feira (23), no Teatro Fernanda Montenegro.

Além das influências dos quadrinhos, a peça tem relações com o mundo dos palhaços, a música clássica e a dança contemporânea. Tudo isso num universo aberto às crianças e suas risadas.

O primeiro grande impacto é o cenário de João Vicente, formado por 6 a 8 folhas de papel vegetal com 3 metros de altura e 5 de largura em que há diversos retângulos desenhados, como se pode ver na fotografia: o resultado sugere as janelas de um prédio ou uma página de gibi.

Através desses compartimentos, os cinco atores rasgam o papel para interagir com os demais atores em cena – o que provoca surpresa e alegria efusiva entre a plateia mirim.

Ao mesmo tempo em que fazem seus movimentos desajeitados – imagine um clown dançando uma coreografia contemporânea – ouvem-se “hits eruditos”, passando pelo violoncelo de Bach, o bolero de Ravel, as “Quatro Estações” de Vivaldi, todos com alto teor emotivo.

Veja aqui trechos do espetáculo:

“Gags”

A construção das esquetes inclui as típicas piadas corporais dos palhaços (“gags”), em narrativas isoladas que têm, muitas vezes, relação com a leitura.

Para elaborar a personalidade e ações desses seres, os personagens do cartunista tocantinense Geuvar Oliveira serviram de inspiração. Ele é autor das histórias em quadrinho “Liga do Cerrado”, em que os super-heróis têm poderes esdrúxulos como “cheiro de sovaco”. Entre suas criaturas estão ainda a “Maria Paulada”, o “Homem Pichilinga”, o “Cariocal” e o “Senhor Gambiarra”.

Infantil

Gibi

Teatro Fernanda Montenegro (R. Coronel Dulcídio, 517 – Batel). 5ª às 17h. R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia). Classificação indicativa: livre.

“A criança tem um poder de imaginação fantástico, tudo vira mágico quando eles estão assistindo”, contou à Gazeta do Povo a autora do espetáculo, Carolina Galgane.

Com direção artística e coreografias de João Vicente, esse é o primeiro espetáculo da companhia que utiliza a linguagem de palhaços – e é curioso que, apesar de o clown ser muito frequente em produções infantis, muitas crianças tenham medo quando ele aparece. “No nosso espetáculo os palhaços começam dormindo e vão acordando, têm uma relação com a plateia que afugenta todo esse medo”, garante Carolina.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.