Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O texto  tem como pano de fundo o assassinato em massa promovido pelo regime do Khmer Vermelho no Camboja | Maringas Maciel/Divulgação
O texto tem como pano de fundo o assassinato em massa promovido pelo regime do Khmer Vermelho no Camboja| Foto: Maringas Maciel/Divulgação

A companhia Ave Lola fez nova temporada de seu espetáculo “Nuon” e, com casa lotada, esticou a temporada por mais um tempinho, incluindo dias de menos agito. As últimas apresentações serão nesta segunda (5) e terça-feira (6), às 20h, no Espaço de Criação do grupo, no bairro São Francisco. O valor do ingresso não é estipulado: o público paga o valor que achar melhor.

O espetáculo, campeão de indicações ao troféu Gralha Azul 2016, foi consagrado com seis premiações: atrizes coadjuvantes (Helena Tezza e Janine Campos), ator coadjuvante (Marcelo Rodrigues), iluminação (Beto Bruel e Rodrigo Ziolkoswski), sonoplastia (Mateus Ferrari) e figurino (Eduardo Giacomini).

O texto fala dos refugiados de guerra e tem como pano de fundo o assassinato em massa promovido pelo regime do Khmer Vermelho no Camboja dos anos 1970. Grande parte da história é baseada em personagem inspirada em Phaly Nuon, que se dedicou a ajudar outras mulheres a superar traumas físicos e emocionais gerados pela tortura e o impacto da fome e do trabalho forçado nos campos cambojanos.

Exposição

A exposição “Conexões”, da artista visual Ivana Cassuli, mostra dez mandalas que também estão à venda. Para ajudar a companhia, parte do valor arrecadado será doado para o financiamento coletivo para a viagem da companhia, que vai excursionar com “Nuon” em Santiago, capital chilena. Bottons e camisetas com ilustrações de Gabriel Rischbieter também são vendidos com a mesma finalidade.

Nuon

Quando: segunda (5) e terça (6), às 20h

Onde: Ave Lola Espaço de Criação (Rua Portugal, 339, São Francisco)

Quanto: Pague quanto vale (o público escolhe o valor que pagará)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]