| Marcelo Almeida/Divulgação
| Foto: Marcelo Almeida/Divulgação

Entre hoje e domingo, a Casa do Damasceno promove as últimas três apresentações de Duas Criaturas Gritando no Palco. A peça é uma adaptação de texto homônimo do jornalista e dramaturgo paranaense Manoel Carlos Karam (1947-2007), um dos mais importantes nomes locais da chamada literatura de invenção. O material integra o apanhado metalinguístico do livro Meia Dúzia de Criaturas Gritando no Palco.

Dirigida por Gabriel Gorosito, Duas Criaturas... é a terceira montagem da Cia. Cambutadefedapada. No enredo, um autor (Sidy Correa) e seu personagem (Moa Leal) discutem sobre a origem da narrativa, num propósito semelhante ao Teatro do Absurdo de Eugène Ionesco e Samuel Beckett.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]