Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Um ano Mágico para as Startups
Um ano Mágico para as Startups| Foto: Pexels
  • Por Instituto Connect – Silvana Pampu
  • 08/02/2022 15:13

Segundo a pesquisa da Sling Hub uma das renomadas plataformas da América Latina cuja missão é consolidar dados relevantes desse ecossistema.

Tivemos um aumento de 194% de funding, ou seja, cerca de 10 bilhões de dólares circulando nesse ecossistema que visa fomentar inovações.

Por falar em ano nunca visto antes, os famosos Unicórnios poucos vistos em anos anteriores deram uma guinada, apenas em 2021 tivemos 10 emergindo e esse número tende a crescer rapidamente, já que o Brasil tem um ecossistema considerado jovem ainda.

Qual a “magia” essa nova economia movimenta?

Estamos falando de uma nova economia, cujo conceitos de governança, velocidade, cultura etc precisam de um olhar mais visionário e amplo. E com certeza desafia aos profissionais trabalharem com ambidestria, ambiguidades e as contradições inerentes em acompanhar e regulamentar algumas mudanças e tendencias.

Esse ecossistema não apenas movimentou muitas novas contratações, como tem mexido muito com os conceitos “fixos” de relação com o trabalho, sendo muito mais flexíveis aos nômades digitais, a práticas mais flexíveis de remuneração, equity etc.

Adquirir startups para incorporar tecnologias ou até mesmo a forma mais rápida de ampliar o know how com o aumento do quadro de funcionários com pessoas capacitadas e que estão sendo disputadas nesse mercado tech.

Os profissionais da área financeira, jurídica e pessoas, trabalhando de forma transversal para fazer face aos famosos M&A (Merge and Acquisitions) que teve um aumento de 70% no último ano e que ainda promete movimentar muito em 2022.

Para Paulo Junqueira Filho presidente do Grupo Merges and Acquisitions do WTC (World Trade Center e Silvana Pampu que preside o grupo de People and Culture juntamente com a Andrea Milan, há um caminho vasto a ser explorado e que requer trocas de experiências e discussões que é o proposito dos grupos que lideram. Pois cada vez mais entender o processo, riscos, cultura e estratégias de cada empresa requer compartilhar lesson learning e ter a inteligência coletiva como força propulsora. Inclusive fica o convite para os encontros e ampliar seu repertório a cerca desses assuntos.

O que vem pela frente?

Um universo de oportunidades, para profissionais ávidos em circular em vários ambientes, que são articulados em vários ecossistemas e que querem surfar nessa expansão.

Estamos falando de se tornarem Board Advisor, principalmente com esse olhar digital e de nova economia, de serem mentores de startups aproximando a expertise das carreiras tradicionais, aliados a velocidade e mindset de startups.

Estamos falando de escalar mercados poucos explorados entre Corporate e startups pois ainda há um grande hiato entre as formas de contratar serviços e de conectar-se para gerarem valor.

Há diversas formas de aproximar-se de temas de inovação e de fato viver na prática essa filosofia de Life Long Learning. Observe na sua rede quais seriam os próximos passos para aproximar-se dessas experiencias.

O Instituto Connect passou ser um grande player nesse ecossistema e com a missão de gerar novas experiencias aos integrantes. Segundo a Silvana Pampu ao longo de 2021 fomentaram discussões sobre Inovação, Transformação Digital, Pessoas & Cultura articulando debates relevantes a cerca de Investimento Anjo com o Orlando Cintra Founder da BR Angels, com o Flavio Pripas da Readpoint Ventures, Kika Ricciardi e Angelo Figaro CIO da Renault do Brasil falando do Smart Money e cuidados nessa jornada de investir.

Além de cases super relevantes como a Globant, Netflix, Pipefy, Embraer, transitando entre as aprendizagens de grandes corporações e um paralelo com startups globais e sua fluidez.

Práticas de Governança, ambidestria e Liderança também foram temas abordados com grandes nomes e o Instituto continuará com a missão de fomentar essa jornada na Confraria de Executivos ciclo 2022, cuja inscrições poderão ser realizadas no site https://institutoconnect.org.br/confraria ou acessar as discussões anteriores no seu canal.

Além disso, experenciar mentorias a Startups e ONGs deu ao grupo o senso de proposito de não apenas ser um grupo de aprendizagem e conexões como ser um grupo de impacto, que almeja transformar vidas e construir sonhos como afirma a Catia Brumatti Executiva Sr de Operações na Pepsico e integrante da Confraria de Executivos do Instituto Connect.