Facetas em resina ou porcelana, quais as diferenças?
| Foto: Shutterstock
  • Por NKS Odontologia
  • 09/09/2020 16:33

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre a diferença entre facetas em resina e porcelana quando estão em busca de um tratamento estético para os dentes.

As facetas são indicadas para as pessoas que precisam fazer leves correções no sorriso, para deixar os dentes mais harmoniosos e com a coloração mais branca.

O tratamento melhora muito a aparência e devolve a autoestima para muitas pessoas. Os benefícios estéticos costumam ser satisfatórios em todos os pacientes, tanto com o uso de faceta de resina quanto de faceta de porcelana.

De acordo com o Dr. Guilherme Nakagawa, da NKS Odontologia, a diferença entre os dois métodos está basicamente no tipo de material, na forma de aplicação e no custo que cada tratamento terá ao paciente.

Facetas de porcelana

O tratamento odontológico com facetas de porcelana tem um resultado estético visivelmente qualificado, já que o sorriso fica branco e alinhado.

No caso do tratamento realizado com as facetas de porcelana, o preçoé mais elevado, já que estes materiais são produzidos de forma personalizada em laboratório. Segundo o dentista Dr. Guilherme Nakagawa, quem tem a possibilidade de fazer um investimento maior acaba preferindo a cerâmica, por causa das comodidades.

“A cerâmica é um material que se parece com vidro, é altamente estético, resistente contra manchas e não precisa de manutenções ao longo do tratamento”, explica o profissional.

Para colocar as facetas de porcelana, é preciso realizar um leve desgaste nos dentes. Este procedimento gera um incômodo tolerável para os pacientes.

Facetas de resina

Já o tratamento realizado com as facetas de resina tem um preçomais acessível e se torna uma excelente alternativa estética para pessoas que querem fazer um investimento menor.

Na NKS Odontologia, em Curitiba, o Dr. Guilherme Nakagawa faz o tratamento com resina composta.

“Para colocar as facetas de resina, nós fazemos a escultura diretamente na boca do paciente, por isso tem o custo reduzido. Não é preciso realizar nenhum desgaste caso o paciente esteja com os dentes previamente alinhados. Porém, diferentemente das facetas de cerâmica, o tratamento com resina precisa de manutenção periódica. Então, as duas principais vantagens da resina composta são as seguintes: custo mais barato e tratamento sem desgaste dos dentes”, esclarece o dentista de Curitiba.

A manutenção nas facetas de resina é feita com polimento periódico, a cada 6 meses ou em períodos maiores, como a cada 10 meses. O objetivo é manter a textura perfeita do material, além de não deixar o dente com a aparência “amarelada”.

Se durante as consultas de rotina o profissional notar alguma trinca ou desgaste nos dentes do paciente, é possível fazer o reparo para que o sorriso fique perfeito novamente.

Facetas de resina ou porcelana – Sorriso com aparência natural

Segundo o dentista Guilherme Nakagawa, muitos pacientes ficam plenamente satisfeitos com o resultado do tratamento com os dois materiais.

“Nos dois métodos, nós, da clínica NKS Odontologia, buscamos fazer um tratamento para que o sorriso do paciente fique com uma aparência natural, para que os dentes fiquem brancos, mas sem passar a impressão de dentes artificiais, pois isso é muito importante”.

O primeiro passo para fazer o tratamento estético para os dentes com faceta de cerâmica ou faceta de resina é marcar uma consulta de avaliação com o dentista Dr. Guilherme Nakagawa, na NKS Odontologia. Entre em contato para obter mais informações.