i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Cinema

21 filmes que você não sabia que eram conservadores

  • PorDionisius Amendola, especial para a Gazeta do Povo
  • 08/04/2019 15:50
Cena do filme 'Inverno da Alma', com a atriz Jennifer Lawrence (Foto: Divulgação)
Cena do filme ‘Inverno da Alma’, com a atriz Jennifer Lawrence (Foto: Divulgação)| Foto:

Ao apresentar aos leitores uma breve e inspiradora lista de filmes ‘conservadores’, é preciso deixar claro o terreno em que pisamos. Não é uma boa ideia enxergar nas obras de arte apenas intenções políticas e ideológicas: ao contrário, reduzir ou julgar um filme a partir de suas características ideológicas é um ato de castração imaginativa. Para evitar tal absurdo, eis alguns esclarecimentos necessários.

O primeiro deles é definir o que entendemos ser esse tal ‘conservadorismo’. Aqui, não buscamos enxergar ou transformar o conservadorismo em uma espécie de ideologia, manual ético ou político de ação, mas falamos daquela visão do conservadorismo como uma ‘disposição’ ou um ‘temperamento’, sejam estes frutos de escolhas pessoais ou apenas algo que surge naturalmente. O que importa é que todos a temos, em maior ou menor grau, mais ou menos conscientemente.

Podemos apresentar essa disposição conservadora, que já foi definida com maestria por autores como Michael Oakshott, como sendo aquilo que nos faz escolher o familiar ao desconhecido; que nos leva a compreender que a sociedade em que se nasce, cresce e vive, carrega valores, ideias, instituições, crenças, e até uma gramática — essencial para que tenhamos uma comunicação verdadeira —, que merecem ser preservados, cultivados. O conservador será aquele que, ao tomar consciência desta situação, irá se preocupar com a conservação, com a proteção dessa “herança” ou desses “arranjos” que fazem uma sociedade; e, ainda mais importante, será aquele que perceberá quais arranjos são insuficientes e buscará reformá-los, cuidará deles como se cultiva um jardim.

Podemos afirmar que — com nuances sempre locais, pessoais até — toda sociedade é conservadora, busca um ordenamento, possui crenças e senso estético. E mais ainda, toda sociedade busca respeitar aquilo que Isaiah Berlin chama de ‘fronteiras da humanidade’.

O conservador será aquele que entende também que somos imperfeitos — intelectualmente imperfeitos —, e que é pretensão querer controlar todos os fenômenos sociais, querer determinar todas as relações humanas e querer controlar através de uma planilha de Excel todas as infinitas possibilidades de nossas vidas. A postura do pensamento conservador com relação à política é essencialmente cética.

Mas, para que não sejamos empurrados para um pessimismo cultural, devemos lembrar também que os conservadores têm uma arraigada percepção de que somos frutos de uma parceria, “uma parceria não só entre aqueles que estão vivos, mas entre aqueles que estão mortos e aqueles que vão nascer”. E que também carregamos em nós possibilidades para o bem e para o mal, para a caridade e para o ressentimento, para a magnanimidade e para a mesquinharia — e que nossas escolhas e atos importam mais que nossas intenções. Essa sabedoria e esses valores são a principal herança que recebemos de nossos antepassados, e legamos aos nossos descendentes. E essa herança está depositada em nossa imaginação moral.

A imaginação moral

Antes de prosseguir, precisamos diferenciar a imaginação moral do discurso moralista. A primeira é expressa não apenas através de exemplos de virtude, beleza e heroísmo, mas também explora nossas fraquezas, nossa estupidez, nossos medos e demônios. Por isso, ao olharmos para uma obra de arte, devemos lembrar que nenhuma é moralmente boa ou má; se há algum efeito moral — remeto-me aqui a Northrop Frye —, ele depende inteiramente da qualidade moral do leitor, do espectador. Filmes, romances, pinturas, quadrinhos, e outras formas de arte só podem ser bons ou maus dentro de suas próprias categorias, isto é, dentro das regras estéticas que imperam na sua área. Escusado reforçar que tais regras existem para serem respeitadas, mas também, refutadas, reinventadas, pois uma obra de arte deve possuir e reconhecer apenas a sua própria verdade, que se quer eterna.

Se a arte se presta a um papel ético ou político, ela já não é arte, mas está muito mais próxima da propaganda — e, pior, da propaganda ideológica. Conforme nos lembra Gregory Wolfe: “A arte não trabalha mediante proposições, mas por meio indiretos, utilizados pela imaginação.”

A arte educa a imaginação (mais uma vez, um termo de Frye), assim libertando-a. A imaginação é uma das formas mais puras de liberdade. Uma imaginação liberta, eis o melhor dos alimentos para nosso espírito.

Conforme o avanço e a popularização do cinema, que se deu ao longo do século XX, podemos enxergar na arte do cinematógrafo um novo e rico campo da imaginação. Hoje, os filmes movem e comovem as pessoas, atiçam seus sentidos. Nos fazem mergulhar em reflexões profundas, nos angustiam e nos encantam, nos fazem rir ou chorar - e é graças ao cinema que experienciamos muitas vezes aquele sentimento catártico, comunal, que cauteriza os traumas de uma sociedade. O cinema nos faz livres, nem que seja por mais ou menos duas horas.

É nesse espírito que fazemos cá estas indicações de filmes, buscando não a sua aparente narrativa ideológica, ou mesmo os desvios políticos de seus autores, mas buscando enxergar nas obras aquilo que se quer permanente, aquilo que ultrapassa as intenções mesmas de seus criadores, pois a Arte, como fruto da Graça, é sempre imprevisível e sopra onde quer. E acreditem: isso acontece mais do que imaginam nossos ideólogos de plantão, os quais, espero, hão de se surpreender com algumas das películas indicadas.

Os filmes

Shane - Os Brutos Também Amam
Diretor
: George Stevens
Ano: 1953
Por que é conservador: Um dos mais influentes westerns da história, o filme de George Stevens apresenta Shane, o cowboy a reencarnar a mitologia do cavaleiro medieval, o qual carrega em si as virtudes fundadoras de uma nova vida, virtudes essas moldadas pela violência de caminhos passados e pela busca de redenção através da proteção dos inocentes.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=9vWNrFP4-AY

Sindicato de Ladrões
Diretor: Elia Kazan
Ano: 1954
Por que é conservador: Um dos maiores clássicos da história do cinema, 'Sindicato de Ladrões' é um mergulho na podridão dos sindicatos e das máfias que tomam de assalto a consciência dos Homens; e Terry Malloy (Marlon Brando) irá resgatar a sua, mesmo que isso signifique perder tudo. Elia Kazan fez um clássico sobre a consciência individual, e o beautiful people hollywoodiano nunca o perdoou por isso.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=S5nHyl8Y7kE

Bronco Billy
Diretor: Clint Eastwood
Ano: 1980
Por que é conservador: Um dos mais simpáticos e singelos filmes do lendário diretor americano, Bronco Billy é uma ode à família, às amizades, à imaginação e ao espírito comunal, que sustentam uma nação. É das mais belas encarnações em celulóide da ideia de Edmund Burke dos ‘pequenos pelotões’.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=oqyBr-07Eh0

Excalibur
Diretor: John Boorman
Ano: 1981
Por que é conservador: Uma das versões mais estilizadas e belas da saga do Rei Arthur, Excalibur é uma obra que explora como poucas as sombras e luzes da lenda. Honra, perdição, amor e fé em uma narrativa épica, operística, majestosa. Até hoje insuperável, tendo apenas a versão de Robert Bresson, 'Lancelot Du Lac', a ombrear com o filme de Boorman.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=joiyhXr_wqw

Os Gritos do Silêncio
Diretor: Roland Joffé
Ano: 1984
Por que é conservador: Ao retratar um dos episódios mais devastadores da história da humanidade, o genocídio cambojano, Roland Joffé não se limita a uma narrativa dos horrores do comunismo, ele está aqui mais preocupado em nos mostrar que mesmo diante dos maiores pesadelos, somos capazes de escolhas, de decidir como encaramos nosso destino.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=z1FgPtWSBvM

O Rei Leão
Diretor: Rob Minkoff, Roger Allers
Ano: 1994
Por que é conservador: A animação da Disney, inspirada diretamente nas peças shakespearianas, é um dos mais belos retratos da formação moral de um jovem príncipe, que após um trágico evento, precisa se tornar digno de sua herança para assim ter direito a seu legado, um legado de serviço a seus súditos.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=OH_9AdaxtfE

Toy Story
Diretor: John Lasseter
Ano: 1995
Por que é conservador: Toy Story entra nessa lista não apenas como filme isolado, mas como representante das animações da Pixar, que em todos os seus filmes explora temas caros ao temperamento conservador: a importância da família e das amizades, a busca de equilíbrio entre sociedade e indivíduo, a superação de desafios mediante escolhas morais, e last but not least, a importância da imaginação em um mundo sem coração.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=KYz2wyBy3kc

Seven
Diretor: David Fincher
Ano: 1995
Por que é conservador: O suspense de David Fincher explora a fundo o problema do mal e de como ele se instala e corrói o coração dos homens. Tudo isso através de uma magistral reinterpretação dos pecados capitais para nossos tempos modernos.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=znmZoVkCjpI

Ou Tudo ou Nada (The Full Monty)
Diretor: Peter Cattaneo
Ano: 1997
Por que é conservador: Um filme que retrata o cotidiano de desempregados ingleses e sua luta para sair da dependência do Estado. Não apenas um libelo pela independência financeira, mas também um olhar delicado e bem humorado sobre os desafios paternos em uma sociedade fragilizada pelo desemprego e pela falta de sentido da vida.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=H4wuH9pSSRo

De Olhos Bem Fechados
Diretor: Stanley Kubrick
Ano: 1999
Por que é conservador: Com esta adaptação da obra de Arthur Schnitzler 'Breve Romance de Sonho', Kubrick realizou sua obra mais ousada e desafiadora. Ao explorar os desejos obscuros de um casal novaiorquino, o diretor faz uma ode ao matrimônio e à felicidade conjugal, e mostra que as sombras que permeiam nossas vidas só podem ser afastadas com o perdão e o amor.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=YEfyfcEdW4Y

Cidade de Deus
Diretor: Fernando Meirelles
Ano: 2002
Por que é conservador: O filme que retrata o nascimento do tráfico e da criminalidade brutal na favela Cidade de Deus é um dos mais fiéis retratos do problema da violência no nosso país. Sem apelar para desculpas sociológicas ou vitimismos sociais, Fernando Meirelles acompanha a história de três jovens da periferia do Rio de Janeiro, suas escolhas e destinos. Se a maioria de nós lembra mais de Zé Pequeno do que do Buscapé, isso fala mais sobre nós do que sobre o filme.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=pUt-yPxOZqk

Os Donos da Noite
Diretor: James Gray
Ano: 2007
Por que é conservador: A história de dois filhos que ao seguirem caminhos diferentes terminam por superar suas desavenças para resgatar sua comunidade, fragilizada pelo crime e pelo tráfico.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=GtE5i1hWmak

O Profeta
Diretor: Jacques Audiard
Ano: 2009
Por que é conservador: Ao retratar a ascensão de um pequeno criminoso dentro de uma prisão francesa, Audiard tece uma trama que nos choca pela sua crueza e realismo trágico.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=hRhea5lt1u4

Inverno da Alma
Diretor: Debra Granik
Ano: 2010
Por que é conservador: Antes de se tornar uma estrela hollywoodiana, Jennifer Lawrence protagonizou este pequeno filme, no qual interpreta a filha de um traficante de drogas que precisa corrigir os erros do pai para salvar sua família.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=5O8F8JtSVmI

Tudo Pelo Poder
Direção: George Clooney
Ano: 2011
Por que é conservador: E quem diria que o melhor filme político desta lista seria de George Clooney? O queridinho da beautiful people hollywoodiana dirige e protagoniza esta obra que é uma verdadeira aula sobre o caráter da política moderna, suas intrigas e mentiras, suas artimanhas e falcatruas. Com um olhar realmente cético para a política, Clooney nem precisou usar os republicanos para provar seu ponto: os canalhas aqui são todos democratas!
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Q-EwkXPdwuk

A Perseguição
Diretor: Joe Carnahan
Ano: 2011
Por que é conservador: Um filme de ação como poucos, 'A Perseguição' vai gradualmente revelando suas intenções: mostra-nos especialmente como, mesmo diante de nosso destino final, ainda podemos escolher como nos comportaremos, ainda podemos dar um sentido ao trágico — ainda que apenas aos olhos de Deus.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=45cHA7kB_Kc

Alabama Monroe
Diretor: Felix Van Groeningen
Ano: 2012
Por que é conservador: Um filme que por trás de sua aura alternativa, retrata um dos mais profundos dramas da condição humana: a morte dos inocentes. A partir disso, a narrativa vai nos lançando em uma espiral de beleza e dor que termina com uma pergunta crucial: haverá uma alma eterna nestes nossos corpos alquebrados?
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Wt6NmfizLyM

Marcados para Morrer
Diretor: David Ayer
Ano: 2012
Por que é conservador: David Ayer entrega um filme que não deixa pedra sobre pedra. Ao nos lançar na rotina de dois policiais a patrulhar as ruas de Los Angeles, ele nos mostra a corrosão causada pela brutalidade epidêmica e mimética. E ao descortinar a violência que sustenta nossa civilidade, ele mostra como essa hostilidade deve ser ritualizada para assim perder seu poder de contaminação.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=bl9l-dBrqdg

O Conselheiro do Crime
Diretor: Ridley Scott
Ano: 2013
Por que é conservador: Ridley Scott faz seu melhor filme em décadas. Baseado em um roteiro do romancista Cormac McCarthy, expõe as mazelas da ganância humana, e de como ela corrompe homens, mulheres, famílias e, enfim, a sociedade à nossa volta.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Pc8AZhIi2xY

Kingsman - Serviço Secreto
Diretor: Matthew Vaughn
Ano: 2014
Por que é conservador: Uma agência secreta do governo britânico que tem como missão proteger o mundo dos totalitários malucos que querem remoldar o mundo à sua imagem e semelhança. Mais ainda, uma lição em elegância, humor refinado e a medieva lição: os modos fazem o homem!
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=hN0JkFrvO_M

Homem Irracional
Diretor: Woody Allen
Ano: 2015
Por que é conservador: Uma das grandes tentações do intelectual - não importa qual seja seu espectro político - é passar a enxergar o mundo como ele imagina que seja, não como ele realmente é. Neste filme de Woody Allen, temos um mergulho nas tentações e nos perigos do ‘mundo como ideia’.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=BO-r4DZTT9c

13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 13 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • N

    Neto

    ± 480 dias

    A Chegada (maternidade, pro-Life), interestelar (paternidade), Gran Torino (paternidade) e Sinais (Fé) eu também incluiria.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      Joao F

      ± 481 dias

      Inclua dois dos maiores clássicos conservadores: 1) "Quem matou o fascínora?", de John Ford; 2) "Invasões bárbaras", de Dennys Arcand.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        R.

        ± 483 dias

        Serão também conservadoras as substâncias piscodélicas que é preciso tomar para parir uma sandice dessas? Ó, Deus...

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • C

          Conrado Borba

          ± 483 dias

          Seven é conservador porque explora o mal? Sério?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • P

            Paulo José da Costa

            ± 483 dias

            Não sei se conscientemente, o autor consegue na descrição desses filmes arrolar os valores do conservadorismo e justificar o porquê de devermos lutar por eles.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • L

              Lore C . Valent

              ± 483 dias

              Interessante. Mas o autor peca por não colocar um único filme de Frank Capra. Ou filmes como “Sete Noivas para Sete Irmãos”, conservador e com mensagem da importância da família; o mesmo com “A Noviça Rebelde”; “Os Meus, os Seus e os Nossos”. Ou “Martinonio à Italiana” Enfim, muito clássico foi deixado de lado, mas que são superiores a alguns listados.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • M

                Melissa Oliveira

                ± 483 dias

                Fiz uma lista...

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  Marcos A.

                  ± 483 dias

                  Colocaria Rocky Balboa, pois se trata de um sujeito pobre, mas extremamente dedicado, que faz muito com muito pouco e é premiado pelo seu esforço próprio. Uma ode à meritocracia.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Lourenço Brasil

                    ± 483 dias

                    Muito boa matéria!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • R

                      RoAm

                      ± 483 dias

                      Surpreendente e inspiradora lista. Parabéns!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • F

                        Fabricio

                        ± 483 dias

                        Um pecado jogos vorazes e Pantera Negra não estar nessa lista.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • L

                          Luis Fernando

                          ± 483 dias

                          Boa!

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • R

                            RoCS

                            ± 484 dias

                            Parabéns Gazeta. Show de reportagem. Assisti muitos desses filmes.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            Fim dos comentários.