| /
| Foto: /

Ele foi uma das maiores influências orientais sobre o Ocidente. Lutador e instrutor de artes marciais, filósofo, ator, roteirista, diretor e produtor de cinema, Bruce Lee tornou-se uma figura icônica em todo o mundo, particularmente entre os chineses, por ter retratado a cultura do país em seus filmes.

Se você acreditar que uma coisa é impossível, você a tornará impossível.”

“Esvazie sua xícara primeiro, só então você poderá provar meu chá. Afinal de contas a utilidade da xícara está em poder esvaziar-se. Abra sua mente para receber novas idéias.”

Bruce Lee

De origem chinesa, Bruce veio ao mundo em 27 de novembro de 1940, ano do dragão no calendário chinês – e era chamado de Siu-Lung, que significa “Pequeno Dragão”. Nasceu em São Francisco, na Califórnia, quando os pais viajavam em turnê com um circo oriental. Mas morou em Hong Kong durante toda a adolescência, onde aprendeu o kung fu – a arte marcial que o tornaria vencedor nas ruas e, mais tarde, no cinema.

E justamente por isso, há 42 anos, no auge de sua carreira, aos 32 anos de idade, a morte precoce e repentina de Bruce causou tanta comoção pelo mundo.

No dia 20 de julho de 1973, ele o produtor Raymond Chow foram à casa da atriz taiwanesa Betty Ting Pei, em Hong Kong, para discutir a realização do longa-metragem Jogo da Morte. Após a conversa, Chow se retirou. Às 19h30, Lee reclamou de dor de cabeça. Betty deu-lhe um analgésico à base de aspirina e relaxante muscular, e Lee foi se deitar. Por volta das 21h, o produtor ligou para perguntar por Lee, mas a atriz não conseguiu acordá-lo. Um médico foi chamado e passou dez minutos tentando reanimá-lo antes de e enviá-lo a um hospital, onde foi declarado morto vítima de um edema cerebral.

Veja 10 grandes momentos de Bruce Lee no cinema:

Como legado, Lee deixou diversos filmes produzidos em Hong Kong que elevaram as artes marciais a um novo patamar de popularidade e consagração, aumentando o interesse nas lutas chinesas no mundo ocidental.

Como ator, ele é conhecido principalmente pelos papéis em cinco longa-metragens: The Big Boss (1971), Fist of Fury (1972), Way of the Dragon (1972), Enter the Dragon (1973) e Game of Death (1978).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]