Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Viatura da Polícia Militar do Paraná
Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo| Foto: Gazeta do Povo

Um arrastão em três casas do bairro Mercês, em Curitiba, na última sexta-feira (29) deixou em alerta a vizinhança, que além de perder dezenas de bens materiais, chegaram a ser ameaçados por criminosos. Os casos foram registrados na Rua Mamoré. A situação expõe a sensação de insegurança que, segundo os moradores, tem aumentado em todo o bairro nas últimas semanas. Uma das moradores disse ao jornal Boa Noite Paraná, da RPC, que teve prejuízo de aproximadamente R$ 100 mil.

WHATSAPP: receba nossas notícias diariamente pelo celular

De acordo com os as vítimas do arrastão, imagens das câmeras de segurança da rua das residências mostram o carro usado pelos ladrões. Em um HB20 branco, dois criminosos desciam para invadir as casas enquanto um terceiro permanecia no carro. Segundo a Polícia Miliar (PM), viaturas foram acionadas, mas ninguém foi preso. As imagens teriam sido enviadas à Polícia Civil, que está investigando o caso.

Em uma das casas, os dois assaltantes tiraram o conteúdo de todas as gavetas e prateleiras, levando joias, eletrônicos e máquina fotográfica profissional. Um dos moradores diz que chegou a encontrar os ladrões e foi ameaçado de morte caso não contasse onde ficava seu cofre. Segundo a PM, ele foi trancado dentro do banheiro.

Em depoimento ao Boa Noite Paraná, uma das moradoras roubadas, que não quis ser identificada, reclamou da insegurança constante sentida na região e contou de casos de vizinhos que foram assaltados nas ruas nos últimos dois meses. Ainda assim, o Conselho de Segurança das Mercês-Vista Alegre (Conseg), explica que não registrou aumento de ocorrências recentemente.

À Gazeta do Povo, o presidente do Conseg Dirceu Martins de Oliveira, afirmou que há registro de assaltos no bairro, mas situações com a de segunda são pontuais. Ele ressaltou que um instrumento importante para tentar coibir a violência é a participação e discussão dos moradores nos assuntos relacionados à segurança do bairro. A próxima reunião do Conseg será na próxima segunda-feira (8), às 19h30, no salão da Paróquia Bom Pastor, no bairro Vista Alegre.

A PMr reforçou de que, apesar do arrastão da semana passada, os índices de criminalidade nas Mercês estão dentro da considerada normalidade — e que, por isso, trata o episódio como um caso pontual que chamou a atenção de todos. Ainda assim, a corporação destaca que tem feito operações rotineiras na região dia e noite, principalmente em locais em que já existem denúncias e boletins de ocorrência. Por isso, a PM destaca a importância de registrar B.Os, pois ajuda no planejamento preventivo da cidade.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]