i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
doe sangue

Benefícios não devem ser as únicas razões para doar sangue, alerta Hemepar

Doadores podem ter desconto de até 50% em ingressos para cinema e shows, além de conseguirem um dia de folga. Porém, é preciso ser consciente e verdadeiro durante triagem

  • PorRaquel Derevecki
  • 21/07/2017 21:03
Benefícios são atrativos para incentivar doadores, mas não devem ser a principal razão para visitar um banco de sangue | Raul Santana/Fiocruz
Benefícios são atrativos para incentivar doadores, mas não devem ser a principal razão para visitar um banco de sangue| Foto: Raul Santana/Fiocruz

Garantir 50% de desconto em eventos esportivos e culturais, além de ganhar um dia de folga no trabalho. Esses foram benefícios recebidos por 3.796 pessoas de todo o Paraná que receberam a certificação de doadores de sangue em 2016. No entanto, especialistas alertam para o perigo que a doação buscando apenas benefícios traz, já que, para consegui-los, algumas pessoas podem esconder situações de risco e causar sérios danos à saúde de quem precisa de transfusões.

Confira os locais onde você pode doar sangue em Curitiba

Para receber a certificação que garante os descontos, o voluntário deve realizar três doações no período de um ano em qualquer banco de sangue do Paraná. Sete dias após a terceira coleta, o doador pode retirar o documento nos mesmos locais onde realizou a doação e - de acordo com a lei estadual 13.964/2002 - pagará metade do valor na compra de ingressos para shows, cinema, teatro e eventos esportivos. 

No entanto, o diretor-geral do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), Paulo Roberto Hatschbach, destaca que essa não pode ser a única razão a levar uma pessoa a doar e que a ação deve ser realizada com responsabilidade e consciência, principalmente no momento de preencher a ficha de triagem, em que são respondidas cerca de 30 perguntas a respeito das condições de saúde do candidato . “Se a pessoa for ao banco de sangue com a mente focada somente em conseguir benefícios, ela pode acabar escondendo alguma coisa com medo de ser considerada inapta e isso colocará em risco quem vai receber o sangue”, pontua. 

Na tentativa de evitar a transmissão de doenças por esse motivo, as 16 mil coletas realizadas mensalmente no Paraná passam por exames rigorosos. Segundo Hatschbach, a tecnologia utilizada é avançada e, nos últimos anos, não foi registrada nenhuma contaminação no Paraná. Mas existem infecções que precisam de um período de tempo específico para se manifestarem no organismo até serem detectadas. “Devido a essa janela imunológica, é importante ser totalmente honesto e correto na triagem clínica”, solicita Hatschbach.

Caso a pessoa seja considerada inapta, o avaliador explicará o motivo e também deixará claro se a situação é temporária ou definitiva. Já o doador que estiver apto assinará um termo de consentimento e será encaminhado para a sala de coleta. Com isso, poderá salvar até quatro vidas em cada doação.

Benefícios

Para conseguir a certificação que garante a meia-entrada no cinema, por exemplo, não basta doar sangue uma única vez. A certificação que garante o benefício é diferente da carteirinha, recebida logo na primeira coleta. Segundo Hatschbach, essa carteirinha apresenta apenas o tipo sanguíneo do doador e sua sorologia, enquanto o certificado emitido após a terceira doação lhe dá o direito de receber descontos em eventos. “Existem casos em que a própria carteirinha acaba sendo aceita, mas a lei solicita o certificado emitido após três coletas de sangue”, explica. 

O certificado tem validade de um ano e, para renová-lo, basta realizar mais duas doações. “Lembrando que o homem pode doar sangue até quatro vezes durante 12 meses, e a mulher, três. Além disso, em cada doação é necessário apresentar documento oficial com foto”. 

Outra vantagem conferida aos voluntários é o dia de despensa do trabalho garantido pela Lei Federal 1.075/1950. Para utilizar a folga, é necessário solicitar a declaração de comparecimento ao banco de sangue. “Esse benefício é muito utilizado em vésperas de feriado, quando recebemos um número maior de doações”, comenta o diretor-geral do Hemepar.

“Precisamos de doações”

Como o mês de julho não possui feriados, é mês de férias e ainda apresenta baixas temperaturas, ele costuma registrar queda na quantidade de coletas devido às gripes, resfriados e o “medo” de enfrentar o frio. Apenas na última terça-feira (18) – dia mais frio do ano –, por exemplo, 105 doadores compareceram ao Hemepar de Curitiba, sendo que a média esperada é de 180 voluntários diariamente. 

Diante dessa situação, os bancos de sangue solicitam doações. “O Hemepar, por exemplo, atende 384 hospitais em todo o estado, então nos preocupamos em sempre manter o estoque e contamos com a população para isso. Precisamos de doadores”, informa Hatschbachr. Em Curitiba, é possível realizar a coleta em seis locais, que funcionam em horários diferenciados. Conheça todos eles e escolha o mais próximo de você.

Saiba onde doar

Hemepar - Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná

Atendimento: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e aos sábados das 8h às 18h.

Endereço: Travessa João Prosdócimo, 145 - Alto da XV.

Contato: (41) 3281-4000

Hemobanco 

Atendimento: segunda a sábado, das 8h às 13h30.

Endereço: Rua Capitão Souza Franco, 290 – Bigorrilho.

Telefone: (41) 3023-5545

Banco de Sangue do Hospital Santa Casa

Atendimento: segunda a sábado, das 8h às 13h.

Endereço: Praça Rui Barbosa, 694.

Contato: (41) 3322 2387

Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora das Graças

Atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Aos sábados, das 8h às 12h.

Endereço: Rua Alcides Munhoz, 433 - Mercês.

Contato: (41) 3240-6060

Hospital Erasto Gaertner 

Atendimento: Segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Endereço: Rua Dr. Ovande do Amaral, 201 - Jardim das Américas

Contato: 3361-5038 

Hospital de Clínicas

Atendimento: Segunda à sexta-feira, das 7h às 18h, e sábado das 7h30 às 12h30.

Endereço: Av. Agostinho Leão Junior, 108 - Alto da Glória

Contato: (41) 3360-1875

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.