• 10/09/2020 17:30
Pandemia

Com bandeira laranja, Feira do Largo da Ordem só funcionará aos sábados

  • 10/09/2020 17:30
    • Gazeta do Povo
    Feirinha do Largo
    Feirinha do Largo da Ordem.| Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

    O funcionamento da Feira do Largo da Ordem mudou, de novo, por causa da pandemia do coronavírus. O local, que vinha funcionando aos sábados e domingos desde agosto, passará a ser opção para turistas e moradores de Curitiba apenas aos sábados - pelo menos enquanto estiver em vigor a bandeira laranja de combate ao coronavírus (veja o que muda). A medida mais restritiva, que valeria por 14 dias, começou na última segunda-feira (7), e veta o funcionamento da Feirinha aos domingos. Segundo a prefeitura, a abertura das barracas acontecerá de forma facultativa, em sistema de rodízio entre os artesãos, não excedendo 300 barracas e respeitando o distanciamento de dois metros entre elas. O horário de funcionamento aos sábados será das 9 h às 14 h.

    Normas de funcionamento da Feira

    • Material publicitário em cada barraca com informações sobre a transmissão do novo coronavírus e distanciamento.
    • Disponibilidade obrigatória de álcool em gel 70% para o artesão e público.
    • Evitar aglomerações de pessoas, com a participação da fiscalização e guarda municipal atuante.
    • Será permitido apenas um artesão por barraca, respeitando o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre as pessoas nas filas do lado de fora, que deve ser organizada pelo artesão responsável pela barraca.
    • Uso obrigatório de máscaras.
    • Disponibilização de barracas de máscaras nas pontas de feira, assim como no percurso da feira.
    • Preferencialmente o material deverá ser embalado individualmente, o que facilitará a higienização.
    • Presença constante de representantes da Coordenação das Feiras de Arte e Artesanato/CTUR.
    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.