i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Lista de falecimentos - 07/07/2015

Victor Adamowski: o campeão de xadrez apaixonado pela família e pelas orquídeas

  • PorGesli Franco
  • MARINGÁ
  • 07/07/2015 03:00
Victor Adamowski | Arquivo da família
Victor Adamowski| Foto: Arquivo da família

Victor Adamowski encontrou a mulher de sua vida, em 1967, a caminho de Juiz de Fora (MG). O enxadrista de coração e profissão seguia de Maringá, no Noroeste do Paraná, para a cidade mineira na tentativa de conquistar mais um título com o tabuleiro de xadrez. Na primeira parada do ônibus, em uma lanchonete à beira da estrada, perto de Sorocaba (SP), ele avistou Maria. A jovem maringaense estava em outro ônibus que seguia rumo a São Paulo e também havia estacionado no local para um lanche rápido dos passageiros.

“Apesar de morarmos na mesma cidade, não nos conhecíamos. Ele se aproximou e ofereceu um café. Eu não aceitei; não estava bem do estômago. Agradeci e retornei para a minha condução”, relembra Maria Krule. Ao chegar a São Paulo, destino da viagem de Maria, lá estava Victor. “Ele desceu do veículo só para falar comigo. Eu estava com pressa, entrei no táxi e segui para a casa de meus tios. Victor retornou para o ônibus dele e foi para a competição.”

Mesmo tendo ignorado o moço nos dois encontros, a jovem não parava de pensar nele. Dias depois, já em Maringá, eles se encontraram por acaso em uma praça da cidade, local em que estava sendo realizado um comício. Nesse dia a conversa fluiu e ele acompanhou a jovem até em casa. No caminho, contou a ela sobre seus títulos e sobre as viagens pelo Brasil para as competições. Ao se despedir, confessou que estava apaixonado. Com apenas um sorriso, a moça fez entender que ele era correspondido.

Foto recente de VictorArquivo da família

Novos encontros foram combinados. Cinema, lanchonetes e parques foram os locais que passaram a fazer parte da rotina do casal. O namoro começou, mesmo com resistência da família dela. O pretendente era dez anos mais velho e tinha duas filhas de outro casamento. Para Maria, apaixonada pelo enxadrista, isso não importava e o amor à primeira vista rendeu o enlace um ano depois.

As duas filhas do casamento anterior de Victor foram recebidas e criadas por Maria. Logo depois a família cresceu. Outras duas meninas nasceram e a casa ficou cheia. “Nunca houve distinção. Todos éramos muitos felizes”, comenta a matriarca.

Sempre que possível, a família toda viajava par assistir aos torneios. Victor gostava de ter os olhares atentos das crianças e da mulher, especialmente quando ganhava. O jogador só perdeu a companhia quando as meninas cresceram um pouco mais. “Ele era muito atento com os estudos e não deixava nenhuma delas faltar à escola. Foi quando ele passou a viajar novamente sozinho”, conta Maria.

Com um lar feliz, o patriarca também só tinha alegrias na profissão. O passatempo de criança rendeu o sustento por toda a vida. Aos 10 anos conheceu o xadrez e não parou mais. Participou 45 vezes dos Jogos Abertos do Paraná e foi campeão 12 vezes. Também foi campeão brasileiro de aspirantes e vice-campeão brasileiro – esse título foi justamente em Juiz de Fora, na viagem em que conheceu Maria.

Passou a vida aprimorando os conhecimentos. Livros e revistas especializadas no esporte estavam sempre por perto. Também procurava anotar as jogadas. Ao longo dos anos, juntou 200 cadernos, todos caligrafados apenas por ele. Era uma verdadeira enciclopédia do xadrez.

Serviço

As publicações neste espaço são gratuitas. Faça contato com a Central de Redação, pelo fone (041) 3321-5832, ou por e-mail obituario@gazetadopovo.com.br . As informações constantes na relação de falecimentos são fornecidas pelo Serviço Funerário Municipal. Fone: 3324-9313.

Com a idade chegando, preferiu repassar seus conhecimentos no tabuleiro para os mais jovens e acabou deixando de lado as competições. Nesse tempo, descobriu mais uma paixão: as orquídeas. Montou um orquidário nos fundos de casa e dedicava horas para cuidar e admirar a beleza das flores.

Nos três últimos anos, Victor provou que era guerreiro. Enfrentou dois derrames e uma pneumonia. Próximo de sua partida, a cirrose enfraqueceu mais a saúde de Victor, que já estava debilitada. Outra pneumonia levou o enxadrista novamente ao hospital no início de junho. Descansou no dia 20 daquele mês. “A primeira orquídea é a mais bonita e está viva até hoje. No dia do velório, levei uma flor e a coloquei ao lado do caixão. Hoje ela está novamente no orquidário, dando beleza ao que ele criou”, conta Maria. Deixa a esposa, quatro filhas, seis netos e quatro bisnetos.

Dia 20 de junho, aos 85 anos, em decorrência de insuficiência múltipla de órgãos, em Maringá.

Lista de falecimentos - 07/07/2015

Adelar Santos Alves de Andrade, 51 anos. Profissão: vendedor. Filiação: João Maria Alves de Andrade e Maria Demora de Andrade. Sepultamento ontem.

Alice Maia da Silva, 84 anos. Profissão: do lar. Filiação: Alcindo Alves Maia e Angelina Lurdes Maia. Sepultamento hoje, no Cemitério Paroquial Umbará.

Altino de Góes, 81 anos. Profissão: marceneiro. Filiação: Saturnino Betoldo de Góes e Maria de Góes. Sepultamento ontem.

Ângelo Cordeiro de Cristo, 69 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Domingos Cordeiro de Cristo e Crespina José Maria. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Arthur Ferreira de Paula, 75 anos. Profissão: policial militar. Filiação: Arthur Ferreira de Paula e Rosa Ferreira de Paula. Sepultamento hoje, Cemitério Padre Pedro Fuss, em São José dos Pinhais.

Clarinda Bernadete Filla, 62 anos. Profissão: secretária. Filiação: Albino Filla e Izabel Filla. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Saudade II, em Pinhais.

Cláudio Galdino dos Santos, 43 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Severo Galdino dos Santos e Izaura Pereira dos Santos. Sepultamento hoje, São Roque, em Piraquara.

Daluz Casturino Antunes, 74 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Luiz Antunes e Francisca Prestes. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo da Capela Monte Alegre, em Telêmaco Borba.

Delci Inácio, 59 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Bertolino Inácio e Maria Santina dos Santos Inácio. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Durvalino Francisco Carolino, 87 anos. Profissão: mestre obras. Filiação: José Francisco Carolino e Maria Magdalena de Jesus. Sepultamento ontem.

Élcio Rodrigues de Moura, 50 anos. Profissão: vidraceiro. Filiação: Fernando Rodrigues de Moura e Floriza Moura Rodrigues. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Boqueirão, saindo da Capela Municipal Água Verde.

Elizete Aparecida Bueno Machado, 46 anos. Profissão: lavrador. Filiação: Carlos dos Santos e Nilda de Oliveira Santos. Sepultamento ontem.

Everton da Silva Marangoni, 25 anos. Profissão: servente. Filiação: Valdir Neves Marangoni e Ivanete da Silva Gomes. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim Independência, em Araucária.

Francisco Gonçalves Primo, 77 anos. Profissão: farmacêutico. Filiação: Luiz Gonçalves Primo e Amélia Franco de Oliveira. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela Municipal de Francisco Beltrão.

Gabriel Floriano de Almeida, 27 anos. Profissão: metalúrgico. Filiação: Salvador Balbino de Almeida e Maria José Floriano dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo da Capela Municipal de Londrina.

Giovani di Carlo Salles Porcides, 22 anos. Profissão: militar. Filiação: Carlos Alberto Porcides e Jacira Salles Porcides. Sepultamento ontem.

Hilario Piska, 64 anos. Profissão: motorista. Filiação: Boles Piska e Tecla Piska. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela Paroquial de Catanduvas do Sul.

Ilio Linhares dos Santos, 76 anos. Profissão: comerciante. Filiação: José Cesário dos Santos Filho e Rosalina Linhares dos Santos. Sepultamento ontem.

Irineu Nievola, 60 anos. Profissão: fotógrafo. Filiação: Guilherme Nievola e Olga Lechechen Nievola. Sepultamento ontem.

José Alvadi Alves de Meira, 77 anos. Profissão: pintor. Filiação: Valeriano Alves de Meira e Maria Angelica dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

José Aparecido Pimenta, 66 anos. Profissão: agricultor. Filiação: João Alves Pimenta e Tomazia Calfino Pimenta. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo da Capela do Cemitério de Barbosa Ferraz.

José Guilhermindo da Silva, 60 anos. Profissão: metalúrgico. Filiação: Francisco Gulherme da Silva e Justina Maria da Silva. Sepultamento ontem.

Leonardo Mantau, 74 anos. Filiação: Rodolpho Victor Mantau e Elsa Schulz. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Água Verde.

Leusi Teresinha da Costa, 59 anos. Profissão: do lar. Filiação: Pedro Ziliotto e Lisette Pedrina Ziliotto. Sepultamento ontem.

Lucas David Kullack, 23 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Lineu Kullack e Eliane Aparecida Pereira. Sepultamento ontem.

Lurdes Maria Saretta, 47 anos. Profissão: cabeleireira. Filiação: Zoalvero Saretta e Marcide Maria Saretta. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo da Capela Mortuária em Nova Prata do Iguaçu.

Maria Clementina de Souza Bertoli, 76 anos. Profissão: do lar. Filiação: Sebastião Clementino de Souza e Helena Chinchio de Souza. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Saudade I, saindo da Capela Vaticano - Esmeralda.

Marlene Teresinha Schneider, 69 anos. Profissão: do lar. Filiação: Hortencio Elias Schneider e Sofia Alves da Silva. Sepultamento ontem.

Matheus Pereira Figuero, 17 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Vilmar Pinheiro Figuero e Nadir Ana Antunes Pereira. Sepultamento hoje, no Cemitério Padre Pedro Fuss, em São José dos Pinhais.

Mauro Luiz de Lara, 54 anos. Profissão: funcionário público municipal. Filiação: Waldomiro de Lara e Araci Bernardin de Lara. Sepultamento ontem.

Maycon de Quadros, 19 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Daniele de Quadros. Sepultamento ontem.

Moacir Araújo, 91 anos. Filiação: Manoel Araújo e Helena Araújo. Sepultamento ontem.

Neciolina de Azevedo, 53 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Onofra Alvina. Sepultamento ontem.

Paschoeta Maria Gasparin, 81 anos. Profissão: professora. Filiação: José Antônio Gasparin e Maria Madalena Nodary Gasparin. Sepultamento ontem.

Paulo Roberto Santos Coelho, 64 anos. Profissão: contador. Filiação: Severino Coelho Barbosa Irmão e Dea Santos Coelho. Sepultamento ontem.

Pedro Emiliano Saldanha, 76 anos. Profissão: servente. Filiação: José Saldanha da Silva e Durcilia Maria Alves. Sepultamento ontem.

Pedro Turczynski, 71 anos. Profissão: lavrador. Filiação: Antônio Turczynski e Tecla Turczynski. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo da Capela Municipal Erval Grande, em Prudentópolis.

Robson Liberato Cruz, 20 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Orlando dos Santos Cruz e Maria Seleste Siqueira Liberato Cruz. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Colina, em Colombo, saindo de residência.

Rodrigo César Lopes, 28 anos. Profissão: motorista. Filiação: José Carlos Lopes e Maria Claudete Lopes. Sepultamento ontem.

Rosa Chorobura, 79 anos. Profissão: cozinheira. Filiação: Lademiro Chorobura e Oliana Szelezki Chorobura. Sepultamento ontem.

Stella Vergete Kruyk, 93 anos. Profissão: do lar. Filiação: Olímpio Vergette e Presciliana de Arruda. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo da Capela Mortuária no Jardim Paranaense.

Valcir Ruiz, 46 anos. Profissão: motorista. Filiação: Alcindo Ruiz e Maria Catarina Pereira Ruiz. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela Mortuária de Colorado.

Wesley Fernando da Silva Ribeiro da Rosa, 21 anos. Profissão: auxiliar de produção. Filiação: Arlindo Ribeiro da Rosa e Rosana da Silva. Sepultamento ontem.

Wilma Maganha, 81 anos. Profissão: costureira. Filiação: Jeronimo Maganha e Elisa Bronzolli. Sepultamento ontem.

Condolências

Deixe uma homenagem a um dos falecidos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.