i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
roubo inusitado

Ladrão mudo usa bilhete para anunciar assalto em posto de combustíveis de Curitiba

Detido pela PM, rapaz também teve que usar papel e caneta para se identificar

  • PorGazeta do Povo
  • 05/12/2018 12:49
 | Polícia Civil/Divulgação
| Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma tentativa de assalto a um posto de combustíveis terminou frustrada para um deficiente auditivo na manhã desta quarta-feira (5), em Curitiba. O rapaz, de 30 anos, entrou na loja de conveniência do estabelecimento, na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Água Verde, e “anunciou” o roubo por meio de um bilhete. Mesmo fingindo estar armado, o ladrão foi detido por funcionários e preso pela Polícia Militar minutos depois.

Vídeo: Pescadores de Matinhos cortam rede em alto-mar para salvar tartaruga gigante

O crime ocorreu por volta das 8h desta quarta. Em relato a PM, uma funcionária do estabelecimento contou que o rapaz entrou na loja e imediatamente entregou a ela um bilhete escrito à mão com a mensagem “Fique quieto não mexe eu tenho arma aqui na cintura passa dinheiro rápido eu não quero mostra arma quieto [sic]”.

Durante todo o tempo em que esteve em frente ao caixa, o assaltante não tentou se comunicar, mas agia como se tivesse com uma arma por debaixo da roupa. Mesmo assim, outros funcionários do posto agiram e conseguiram prendê-lo. A PM foi chamada e, no local, também não conseguiu se comunicar com o ladrão. Foi quando eles perceberam que o jovem tinha problemas para ouvir e falar.

Diante disso, a polícia pediu para que o assaltante escreve o nome em outro pedaço de papel. Identificado, o rapaz foi preso e levado para a Central de Flagrantes, no bairro Portão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.