021834

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Curitiba
  3. Motorista sob efeito de cocaína é flagrado em manobras perigosas na Grande Curitiba

região de CURITIBA

Motorista sob efeito de cocaína é flagrado em manobras perigosas na Grande Curitiba

Condutor tentou fugir da PRF e dirigiu em condições extremamente perigosas por 63 km na BR-116

  • Gazeta do Povo
Caminhoneiro dirigiu por um longo trecho em zigue-zague e chegou a fechar a viatura da PRF | PRF-PR
Caminhoneiro dirigiu por um longo trecho em zigue-zague e chegou a fechar a viatura da PRF PRF-PR
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um caminhoneiro de 23 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (8) em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba (RMC), após dirigir por um longo trecho da BR-116, entre Curitiba e São Paulo, sob efeito de cocaína. No momento em que foi preso, ele estava em surto e disse à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que fugia de assaltantes. A PRF informou que a perseguição totalizou 63 km e que, por pouco, o motorista não provocou uma série de acidentes na rodovia - uma das mais movimentadas do estado.

Assista ao vídeo do flagrante

De acordo com a PRF, o caminhoneiro começou a ser acompanhado de perto por uma equipe que fazia rondas na rodovia. Tudo começou por volta das 12h20. Os policiais foram alertados por vários caminhoneiros que circulavam pelo trecho.

Parte do flagrante foi registrado em vídeos. Uma das gravações divulgada pela polícia mostra o caminhoneiro dirigindo praticamente em zigue-zague pela pista. Ele fazia mudanças de faixa repentinas e, com isso, forçava outros veículos a frear ou sair de pista para evitar uma colisão. Em um dos momentos, ele até mesmo “fechou” a viatura da PRF que o seguia. Quando flagrado, o condutor dirigia por um trecho duplicado e separado por canteiro da pista sentido contrário.

Leia também: Dicas da PRF para evitar acidentes com caminhões nas rodovias

Mesmo com a aproximação da polícia, o jovem desobedeceu as ordens de parada e, dezesseis quilômetros à frente do local da abordagem, fez o retorno e começou a voltar para Curitiba. Segundo a própria PRF, como havia risco de acidente grave , os policias dispararam tiros na direção dos pneus do caminhão. Com cinco pneus perfurados, o motorista seguiu em fuga - chegando a percorrer exatamente 63 quilômetros sob o efeito de drogas. Alguns dos pneus se desmancharam por completo, e as rodas se arrastavam no asfalto.

Uma barreira para tentar deter o caminhoneiro foi montada em frente ao posto da PRF de Campina Grande do Sul. Ao se deparar com a parada, o motorista o ainda tentou fazer o retorno e acessar a pista contrária, mas acabou parando no canteiro central.

/ra/pequena/Pub/GP/p5/2019/01/09/Curitiba/Imagens/Cortadas/motorista cocaina 116 3-kr0D-ID000002-1024x768@GP-Web.jpg
Motorista parado no canteiro central após abordagem da PRFPRF-PR

No momento da prisão, outra gravação mostra policiais rodoviários e militares correndo em direção ao caminhão e um helicóptero da PRF sobrevoando o local. Ao narrar a cena, o autor do vídeo chega a dizer que “tão quebrando ele no cacete”, o que a polícia contesta. Conforme a PRF, o caminhoneiro se recusou a sair da cabine e teria resistido à prisão de forma agressiva, se debatendo, chutando e tentando agredir os agentes.Por isso, foram necessários seis policiais para contê-lo e algemá-lo, mas não houve emprego de métodos violentos.

Ainda conforme a polícia, quando foi preso o jovem estava totalmente fora de si e chegou a alegar que alguém estaria tentando roubá-lo – o que os agentes acreditaram ter sido consequência do entorpecente. Aos policiais, o homem admitiu ser usuário de cocaína há cerca de dois anos. Dentro da cabine, sob uma folha de papel, foi localizada uma pequena quantidade de cocaína.

O jovem foi levado para a delegacia de Campina Grande do Sul, e o caminhão foi retido no pátio da PRF.

/ra/pequena/Pub/GP/p5/2019/01/09/Curitiba/Imagens/Vivo/motorista cocaina 116 2.jpg
Mesmo com pneus desfeitos após os tiros, caminhoneiro continuou tentando fugir da abordagem PRF-PR

Além dos enquadramentos criminais, o motorista ainda foi autuado por sete infrações de trânsito: dirigir sob efeito de substância psicoativa, dirigir ameaçando os demais veículos, deixar de dar passagem à viatura policial, transitar em acostamento, demonstrar manobra perigosa, transitar sobre marcas de canalização e não portar documento obrigatório.

Veja o vídeo do flagrante:

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>