Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Alvo de três furtos, iluminação na rodovia João Leopoldo Jacomel será trocada para evitar novas ocorrências
Nos últimos anos, a iluminação da rodovia João Leopoldo Jacomel foi três vezes alvo de furtos.| Foto: Jorge Woll/Arquivo DER

Três anos após a conclusão das obras de duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel, a PR-415, que liga Curitiba a Pinhais e Piraquara, a iluminação central do trecho será trocada para evitar novos furtos da fiação elétrica. Nos últimos anos, os cabos no trajeto foram alvo de criminosos três vezes: duas em pleno andamento da obra de duplicação, e uma terceira após a conclusão.

Receba notícias de Curitiba e do Paraná no celular

Nos 14 quilômetros de extensão do trecho duplicado, a iluminação central foi executada por meio de cabeamento subterrâneo, com o objetivo de proteger os cabos de energia da ação do clima. Entretanto, o que parecia uma solução causou ainda mais dor de cabeça, já que a fiação ficou mais vulnerável a depredações e furtos.

Para evitar novas ocorrências, o governo do estado abriu uma licitação para alterar a rede elétrica subterrânea para rede aérea nos trechos mais vulneráveis, e substituir os dispositivos atualmente danificados. Estão previstas as instalações de novos postes, nova fiação elétrica e demais equipamentos necessários para a transição de uma rede para a outra.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) abriu nesta quarta-feira (20) os envelopes com documentos de habilitação para a obra de manutenção. As quatro empresas que participam desta etapa já apresentaram as propostas de preços atendendo a todos os critérios do edital de licitação.

Os documentos estão em análise pela comissão de julgamento e o nome do vencedor será publicado no Diário Oficial e no portal Compras Paraná. A partir disso, o prazo é de cinco dias para interposição de recursos e contrarrazões, caso haja recursos.

Após esta etapa, o contrato deverá ser assinado para, então, a ordem de serviço ser emitida e a obra começar. O prazo para a execução dos trabalhos é de 120 dias, com previsão que os serviços causem o mínimo intervenções nas pistas ou faixas de domínio da rodovia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]