Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Imagem mostra uma mulher caminhando em uma pista de caminhada no Jardim Botânico em Curitiba. Em destaque, uma árvore cerejeira muito florida.
Frio atinge o Paraná, mas não há registro de neve ou chuva congelada no estado. Foto: Aniele Nascimento / arquivo / Gazeta do Povo| Foto: Gazeta do Povo

A combinação de frio e chuva que atingiu o Paraná na sexta-feira (02) trazia a promessa de chuva congelada e até de neve em algumas regiões do estado, mas não se concretizou.

Nas regiões de Palmas, General Carneiro e Guarapuava, onde a chance de ocorrência do fenômeno meteorológico era maior, as temperaturas diminuíram significativamente, chegando a - 1,4° C em Palmas e Guarapuava. Em General Carneiro, na manhã deste sábado (03), a sensação térmica é de - 2°C.

Em São Mateus do Sul foi registrada a menor temperatura de todo o estado durante a madrugada, com - 1,9°C, conforme dados do Simepar. A máxima para este sábado não passa de 15°C, enquanto que a sensação térmica, pela manhã, ainda é negativa: - 2°C.

De acordo com Paulo Barbieri, meteorologista do Simepar, até o início da manhã deste sábado, não havia nenhuma informação de precipitação de neve no estado. E, conforme apurou a Gazeta do Povo, nenhuma das cidades onde havia chance do fenômeno teve o registro do fenômeno ou da chuva congelada.

Para o restante do fim de semana, a presença da massa de ar polar (frio e seco) afastou a chuva na maior parte do estado e, mesmo com a chegada do sol, as temperaturas não subirão muito. Ainda assim, há risco de geada forte, especialmente no sul do Paraná.

Geada

Nas regiões de Ponta Grossa, Palmas, União da Vitória, Pato Branco e Guarapuava (centro-sul e sul do estado), o Simepar alerta para o risco de geada forte, visto que no domingo (04), a massa de ar polar predomina sobre essas áreas.

Telêmaco Borba e Cascavel também podem ter registros de geada, ainda que em menor intensidade, enquanto que a região de Curitiba, Campo Mourão e Umuarama podem ter geadas mais fracas.

Temperaturas mais altas ao longo da semana

Ao longo da próxima semana, as temperaturas tendem a aumentar no Estado. São Mateus do Sul, que registrou o frio mais intenso do Estado na madrugada de sexta (02) para sábado (03) terá a temperatura máxima ultrapassando os 24°C na quarta-feira (07).

Curitiba, que hoje não ultrapassa os 15°C e a sensação térmica é de 7°C, terá temperaturas mais altas logo na quarta-feira (07), chegando a 23°C de máxima. Até o fim da próxima semana, o veranico volta aos paranaenses.

A volta do verão será significativa em Foz do Iguaçu que terá, na próxima quinta-feira, máximas que chegam próximas dos 30°C. Já no norte, as temperaturas ficam mais estáveis, e ainda assim quentes, ultrapassando os 20°C de máxima em Londrina, na segunda-feira (5).

Já no litoral, embora as temperaturas se mantenham baixas ao longo do fim de semana (máxima de 15°C no domingo, enquanto 18°C de máxima neste sábado e na segunda-feira), a partir de terça-feira, os termômetros tendem a esquentar. Quinta-feira, Matinhos chega a 25°C de máxima.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]