i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Concursos

260 mil se inscrevem para 28 mil vagas em cursos de petróleo e gás

Objetivo é qualificar mão-de-obra para indústria nacional de petróleo e gás. Só no Paraná são 196 vagas e 1.415 inscirtos

  • PorG1/Globo.com
  • 15/09/2010 15:26
Objetivo é qualificar mão-de-obra especialmente
para a Petrobras. | Divulgação
Objetivo é qualificar mão-de-obra especialmente para a Petrobras.| Foto: Divulgação

O Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) recebeu 258.958 inscrições para o processo de seleção pública com o objetivo de qualificar mão-de-obra para a indústria nacional de petróleo e gás, especialmente as da Petrobras. São oferecidas 27.915 vagas, em 13 estados, para cursos gratuitos em categorias profissionais de níveis básico, médio, técnico e superior. O processo é executado pela Fundação Cesgranrio - veja aqui o edital.

Para os cursos de nível básico a taxa de inscrição será de R$ 24; nos níveis médio e técnico, de R$ 40; e para nível superior, de R$ 60.

O candidato deve ter idade igual ou superior a 18 anos, além de preencher os pré-requisitos do curso desejado.

São 20.601 vagas para cursos gratuitos de nível básico; 5.188 para nível médio; 1.286 para nível técnico e 840 para nível superior. Nos níveis médio e superior, há oferta de vagas para portadores de necessidades especiais em algumas categorias específicas.

Os estados contemplados no quadro de vagas são: Amazonas (710), Bahia (1.863), Ceará (412), Espírito Santo (972), Maranhão (634), Minas Gerais (752), Pernambuco (8326), Paraná (196), Rio de Janeiro (6.874), Rio Grande do Norte (1.058), Rio Grande do Sul (3.706), Sergipe (144) e São Paulo (2.268).

Os candidatos aprovados que estiverem desempregados durante o curso receberão bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 300 (cursos de nível básico), R$ 600 (níveis médio e técnico) e R$ 900 (nível superior).

A participação nos cursos não garante emprego aos alunos. O objetivo é melhorar a qualificação dos profissionais que serão, eventualmente, aproveitados pelas empresas privadas fornecedoras de bens e serviços do setor de petróleo e gás natural.

As provas serão aplicadas no dia 24 de outubro. O local e o horário do exame serão informados no cartão de confirmação de inscrição, que será encaminhado para os candidatos até o dia 20 de outubro, via Correios, conforme endereço informado no ato da inscrição. Os candidatos também poderão obter cópia impressa do cartão no site www.cesgranrio.org.br.

Em caso de inexatidão de algum dado, o inscrito deverá entrar em contato com a Fundação Cesgranrio, das 9h às 17h, horário de Brasília, nos dias 21 ou 22 de outubro, pelo telefone 0800 701 2028, ou por e-mail (prominp@cesgranrio.org.br). O mesmo contato deverá ser feito caso o cartão de confirmação de inscrição não seja recebido até o dia 20 de outubro.

Bolsa-auxílio

Para manutenção da bolsa-auxílio, o aluno deverá ter, durante o período de aula do curso, presença mínima de 95% do total das aulas e média das avaliações igual ou superior a 8,0.

A bolsa-auxílio somente será concedida no período em que serão ministradas as aulas. Será concedido o direito de recebimento da bolsa-auxílio somente no ato da matrícula. Não será concedida bolsa-auxílio para os alunos após a efetivação da matrícula ou durante a realização do curso, mesmo que o aluno venha a ficar desempregado.

Na hipótese de o aluno, ao longo do curso, alterar a condição que o habilitou a receber bolsa-auxílio, ele se compromete a informar imediatamente a instituição de ensino da nova situação e restituir os eventuais valores relativos à bolsa-auxílio indevidamente recebidos.

Caso o aluno seja reprovado em qualquer disciplina do curso, perderá o direito à bolsa-auxílio.

O primeiro pagamento da bolsa-auxílio será realizado em até 45 dias da data de início do curso.

Banco de currículos

O aluno matriculado em um dos cursos do Prominp terá seu currículo automaticamente disponibilizado no banco de currículos no portal de Qualificação do Prominp. O aluno poderá atualizá-lo com novas informações sobre sua carreira profissional.

O banco de currículos do Prominp poderá ser acessado pelas empresas fornecedoras do setor de petróleo e gás natural, cadastradas no Portal de Qualificação do Prominp. Caso o aluno seja reprovado ou desligado do curso do Prominp, seu currículo estará automaticamente indisponível no banco.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.