i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estatização

Ações passadas

  • 22/10/2008 21:33

Desde o estouro da crise financeira, em 15 de setembro, o governo brasileiro vem anunciado medidas para conter seus efeitos no país.

19 de setembro – Com a falta de linhas externas de crédito para o Brasil, o BC passou a fazer leilões casados de compra e venda de dólares: o BC vende a moeda para os bancos, que se comprometem a revender os recursos ao BC depois de um determinado período

24 de setembro – O BC aumentou de R$ 100 milhões para R$ 300 milhões o desconto dado no compulsório a ser recolhido pelos bancos, dando um alívio para as instituições de pequeno e médio porte.

2 de outubro – O BC anunciou que dará um desconto no valor do recolhimento compulsório aos bancos que comprarem parte da carteira de crédito de instituições financeiras de menor porte.

8 de outubro – O BC ampliou de R$ 300 milhões para R$ 700 milhões o "desconto" a ser dado no compulsório sobre depósito a prazo a ser recolhidos pelos bancos.

8 de outubro – O BC começou a vender dólares no mercado de câmbio, na tentativa de aumentar a oferta da moeda dos EUA e conter a desvalorização do real.

13 de outubro – Foi elevado de R$ 700 milhões para R$ 2 bilhões o desconto a ser dado sobre valor do compulsório que incide sobre os depósitos a prazo dos bancos. Foram dados incentivos adicionais para bancos grandes que injetarem dinheiro em instituições menores.

20 de outubro – O BC começou a emprestar dólares para bancos que se comprometam a aplicar os recursos em linhas de financiamento para exportadores. Pelo empréstimo, as instituições financeiras oferecem títulos da dívida externa como garantia e pagam juros equivalentes à taxa Libor (cerca de 4% ao ano) mais 0,11%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.