Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Eletronuclear informou nesta quinta-feira que a usina nuclear Angra 1 foi desligada na quarta-feira às 7h05 devido a uma atuação indevida de alarmes. A usina foi religada na quarta mesmo, às 23h20, conforme a estatal, em comunicado. A atuação indevida dos alarmes deveu-se a uma falha de um sistema eletrônico que não afeta a segurança da usina, que foi identificado e substituído, segundo a empresa.

A Eletronuclear informou ainda que, seguindo solicitação do Operador Nacional do Sistema (ONS), a usina está em processo de elevação de potência - sendo que às 7h de hoje estava gerando 352 MWe, ou seja, 63% da potência de seu reator.

Segundo informações da empresa, o desligamento manual foi executado imediatamente após ter sido constatada a atuação indevida dos alarmes, apesar de outras indicações mostrarem que a usina Angra 1 se encontrava em uma condição de operação segura. A estatal informou, em seu comunicado, que o desligamento foi uma ação de natureza estritamente preventiva, de forma a permitir a identificação da causa do problema.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]